FestiQueijo 2023 começa em Carlos Barbosa com ampla programação gastronômica e shows ao vivo

O festival promete encantar os visitantes durante os 14 dias de festividades, distribuídos em cinco finais de semana

Publicado por
10:09 - 30/06/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)

A cidade de Carlos Barbosa deu início, nesta quinta-feira (29), à 32ª edição do FestiQueijo, evento tradicional que promete aguçar o paladar dos visitantes com uma ampla variedade de queijos e uma programação repleta de entretenimento. A cerimônia de abertura contou com a presença de autoridades, imprensa e convidados, incluindo o vice-governador Gabriel Souza, representando o governador Eduardo Leite.

O evento ainda contou com a participação da Orquestra e Coral de Carlos Barbosa, além do show com STAR Beatles. A Senhorita Festiqueijo, Alessandra Sipp e a Dama de Companhia Francieli Datsch fizeram o brinde coletivo que deu largada ao início das atividades.

Com duração de 14 dias, o festival será realizado em cinco fins de semana, sextas, sábados e domingos, entre os meses de junho e julho. A festividade, que ocorre no Centro Cultural Mãe de Deus, tem como objetivo proporcionar aos participantes experiências gastronômicas únicas e momentos de diversão.

Um dos destaques do FestiQueijo 2023 é a gastronomia farta, que oferece mais de 40 tipos diferentes de queijo, 30 opções de vinhos e 25 variedades de espumantes. Além disso, pratos quentes e frios valorizam a agricultura familiar e as tradições do município, proporcionando uma verdadeira celebração dos sabores locais.

A programação artística do evento contempla diversos estilos musicais, incluindo sertanejo, pagode, forró, pop rock, música italiana e gauchesca. Os shows ao vivo prometem animar o público presente, garantindo momentos de descontração e diversão. Confira a programação! 

Além das atrações musicais, o FestiQueijo 2023 oferece uma série de eventos paralelos para os visitantes desfrutarem. A Vila das Etnias e a feira “Feito em Barbosa” proporcionam um mergulho na cultura local, enquanto as Olimpíadas Coloniais e eventos esportivos trazem ainda mais animação e competição ao festival. Diversas outras atividades tradicionais estão disponíveis, proporcionando entretenimento diversificado para todos os gostos.

Uma das principais novidades desta edição é a implementação de turnos para os visitantes aproveitarem o evento. Serão oferecidos cinco horários diferentes, reduzindo assim o tempo de espera nas filas e ampliando as opções de escolha. Os horários são os seguintes: nas sextas-feiras, haverá o 1º turno das 12h às 16h e o 2º turno das 17h às 23h; nos sábados, o 1º turno ocorrerá das 10h às 16h e o 2º turno das 17h às 23h; nos domingos, haverá um único turno das 11h às 17h.

Para acomodar o público de forma ainda mais confortável, os camarotes e o palco passaram por uma remodelação, permitindo um aumento na capacidade. Agora, há uma área de camarote com vista privilegiada para todo o evento, comportando até 330 pessoas sentadas, além de uma área para aproximadamente 1,6 mil pessoas em pé.

Os ingressos para as datas do festival estão disponíveis para venda no site do FestiQueijo bem como a programação completa e shows do Festival. Veja como ficou o novo Centro Cultural Mãe de Deus.

(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Lilian Donadelli/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)
(Foto: Felipe Vicari/ Grupo RSCOM)

• Novos turnos e valores
Sextas-feiras:
-Primeiro turno: das 12h às 16h;
Ingresso: R$ 155,00 (sem disponibilidade de camarote).
-Segundo turno: das 17h às 23h;
Ingresso: R$ 215,00 (R$ 265,00 com acesso ao camarote).

Sábados:
-Primeiro turno: das 10h às 16h;
Ingresso: R$ 230,00 (R$ 280,00 com acesso ao camarote).
-Segundo turno: das 17h às 23h;
Ingresso: R$ 245,00 (R$ 295,00 com acesso ao camarote).

Domingos:
-Único turno: das 11h às 17h;
Ingresso: R$ 230,00 (R$ 280,00 com acesso ao camarote).

Para pagamentos por PIX, será concedido um desconto de R$ 5,00 no valor do ingresso.

• Camarote oferece experiência exclusiva
O camarote é um espaço especial que oferece visão privilegiada de todo o evento com banheiros exclusivos e assentos confortáveis. O espaço, no andar superior, tem capacidade para aproximadamente 300 pessoas, proporcionando uma experiência única aos visitantes.

• Fazendinha no Parque
A Fazendinha, localizada no Parque da Estação, é um espaço dedicado à valorização da cultura e tradição local. Os visitantes poderão vivenciar experiências relacionadas à produção de queijo e ao ambiente rural, promovendo um contato mais próximo com as raízes da região.

Eventos paralelos e outras novidades

Além das atrações principais do FestiQueijo, há uma série de eventos paralelos que prometem animar o público.

• Eventos esportivos
A Rústica e Minirrústica do FestiQueijo, aconteceu no Parque da Estação e reuniu 428 atletas de diferentes idades e localidades. Além disso, ainda serão realizados em paralelo ao Festival a Olimpíada Colonial do FestiQueijo, o Torneio de Futsal Feminino e o Pedal do FestiQueijo.

• Resgate do passado
Assim como em 2022, quando foi lançada, a Vila das Etnias é um espaço cultural composto por casas típicas que representam quatro etnias; as duas predominantes no Município, italiana e alemã, e duas cujos berços das imigrações no Rio Grande do Sul estão em Carlos Barbosa, suíça e polonesa. Uma quinta casa é um pequeno museu, que abriga materiais próprios das demais etnias presentes na construção de Carlos Barbosa.

Além do cenário típico, visitantes poderão apreciar uma série de conteúdos históricos, culturais e artísticos, como exposição de fotos e objetos antigos, performances de trabalhos manuais típicos, shows de dança e música.

• Feira com produtos daqui
Realizada no pavilhão da Tramontina, em paralelo ao FestiQueijo, a Feira Feito em Barbosa acontece entre os dias 29 de junho e 30 de julho. Nela os visitantes encontrarão diversos produtos com fabricação local, incluindo vestuário, acessórios, papelaria, utensílios, artesanato, agroindústrias, alimentação, entre outras variedades.

Esta edição trará algumas inovações, como a Galeria das Ex-Soberanas e uma plataforma giratória de selfie, que permitirá aos participantes registrar seus melhores momentos na Feira de forma criativa e interativa.

• Uma tarde para os Idosos
Outro destaque é o FestiQueijo dos Idosos, um evento especial que acontece no dia 05 de julho, dedicado aos idosos do Município cadastrados no Centro de Convivência do Idoso Antônio Martin Guerra e que retiraram os ingressos antecipadamente. Nesse dia, eles poderão desfrutar de atividades exclusivas, degustações e entretenimento especialmente preparados para eles.

Com tantas atrações e novidades, o FestiQueijo 2023 promete encantar a população de Carlos Barbosa e os visitantes que buscam uma experiência gastronômica e cultural única na Serra Gaúcha.

Vale lembrar que muitos colaboradores estão participando de forma voluntária para a realização deste Festival e para tal, a Administração Municipal agradece a todos de forma igualitária. Da mesma forma aos patrocinadores e apoiadores do evento, expositores, servidores públicos, forças de segurança, entidades, instituições de apoio e tantos outros que se envolvem para a realização de um evento de sucesso, cujo maior beneficiado é o Município de Carlos Barbosa. Unindo todas essas mãos, não tem com os turistas voltarem para suas cidades com aquele “gostinho de quero mais”.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp