Fernandinho Beira-Mar e outros 24 presos são transferidos da penitenciária de Mossoró

Mudança ocorre após a fuga de dois detentos de presídio federal no Rio Grande do Norte

Publicado por
14:35 - 04/03/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Fernandinho Beira-Mar e outros 24 presos são transferidos da penitenciária de Mossoró

Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO/Jovem Pan/reprodução

O traficante Fernandinho Beira-Mar, uma das principais lideranças do Comando Vermelho, foi transferido da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. A mudança aconteceu no último sábado (2), após a fuga dos detentos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento da prisão.

Além de Beira-Mar, mais 23 detentos também foram levados para outras unidades federais. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a transferência é uma atividade de rotina em prisões de segurança máxima no Brasil. A penitenciária de Mossoró é a segunda unidade com menos detentos do país, com apenas 68 presos, de acordo com dados da Senappen.

Fuga

A fuga dos dois detentos do presídio federal foi a primeira desde a implementação do Sistema Penitenciário Federal no Brasil, em 2006.

Desde então, mais de 600 agentes estão em busca dos fugitivos, que foram vistos em diversas ocasiões, inclusive fazendo uma família refém na zona rural de Mossoró.

As buscas pelos fugitivos se concentram entre Mossoró e Baraúna, cidades separadas por aproximadamente 35km. A Polícia Federal oferece uma recompensa de R$ 30 mil por informações que levem à captura dos foragidos.

Especialistas em segurança pública apontam falhas estratégicas e demora na reação como fatores que dificultam a captura dos fugitivos.

*Fonte: Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp