Farroupilha realiza levantamento e identifica 192 pontos com danos após fortes chuvas

Problemas em calçadas, tubulações, pavimentação e deslocamento de paralelepípedos foram registrados

Publicado por
12:29 - 06/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
FARROUPILHA

Foto: Jonatas Cristofoli

Após as intensas chuvas que tem assolado o estado do Rio Grande do Sul nos últimos dias, Farroupilha, que também foi bastante atingida, realizou um levantamento inicial no último sábado (04), que mostrou os vários pontos que demandam uma reconstrução.

Os dados levantados mostram que o município tem 192 pontos com problemas variados. Entre as principais questões encontradas, destacam-se:

  • 14 problemas relacionados a boca de lobo ou tubulações, com possíveis obstruções e problemas de drenagem;
  • Cinco problemas em calçadas;
  • 57 problemas em ruas com asfaltamento, incluindo rachaduras, afundamentos e erosões das vias;
  • 78 problemas em ruas de paralelepípedo, onde ocorreu o deslocamento das pedras;
  • 26 problemas em ruas sem pavimentação;
  • 12 problemas em ruas pavimentadas com PAVs.

Após a avaliação, as equipes das Secretarias de Obras e Trânsito e Agricultura estão trabalhando em conjunto para atender todas as demandas e reduzir os impactos das chuvas. Os esforços incluem desobstrução e limpeza das vias afetadas ao longo da semana, bem como a liberação de trechos bloqueados.

FARROUPILHA

Foto: Jonatas Cristofoli

537mm de chuva

Dados levantados junto ao Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontaram que o município de Farroupilha registrou um acumulado de chuva cerca de cinco vezes maior que a média histórica dos meses de abril e maio somente em quatro dias na semana passada. No total, o acumulado foi de 537.4 milímetros de chuva no período entre a última segunda (29) e sexta-feira (03).

Vale ressaltar que um milímetro de chuva equivale a um litro de água por metro quadrado, ou seja, Farroupilha registrou uma média de 500 litros de água por metro quadrado em apenas uma semana.

Os números são ainda mais impressionantes se comparados com a média histórica de chuvas apontadas pelo Instituto Clima Tempo, com valores calculados a partir de um série de dados de 30 anos observados. Em comparação, a média do mês de abril é de 117mm, já a de maio é de 107mm.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp