Falta de merendeiras: alunos da Escola Evaristo de Antoni fazem protesto em Caxias do Sul

Ainda conforme relatos, também há falta de faxineiras, sendo que os próprios alunos precisam se revezar para limpar as salas de aula.

Publicado por
23:55 - 08/09/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Falta de merendeiras: alunos da Escola Evaristo de Antoni fazem protesto em Caxias do Sul

Foto: Wellington Frizon / Grupo RSCOM

Na noite desta quinta-feira (8), cerca de 200 alunos se reuniram em frente a Escola Evaristo de Antoni, no bairro São José, em Caxias do Sul, para realizar um protesto. O motivo seria em razão da falta de merendeiras no período da noite, o qual atende o Ensino Médio e EJA.

Conforme os protestantes, os alunos já estão há mais de um mês nesta situação. Conforme relatos, muitos trabalham o dia todo e a refeição da escola durante a noite seria essencial, sendo que muitos acabam não indo à escola, pois precisam ir para casa se alimentar.

Durante o protesto, os alunos, professores e demais apoiadores, com cartazes, ficaram na sinaleira da Rua Moreira Cesar, esquina com a Av. Rubem Bento Alves (Perimetral Norte) e, após uma hora e meia do protetso, se deslocaram até a portaria da escola.

Ainda conforme relatos, também há falta de faxineiras, sendo que os próprios alunos precisam se revezar para limpar as salas de aula.

Uma das organizadoras, Eliane Bomfim, de 41 anos, relata que, por mais que os alunos enfatizam que a escola não possui merendeiras, a 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CREE) informou aos mesmos que o colégio, de fato, possui as funcionárias.

A 4ª CREE repassou que tínhamos merendeira. Mas nós não temos. Tem verba, tem o lanche, mas não temos merendeira para fazer a merenda aqui na escola então perguntamos – Como vamos fazer? – Enviamos abaixo-assinado, eles enviaram para a Seduc e nós também enviamos para a ouvidoria em Porto Alegre. Estamos aguardando a resposta, mas enquanto isso fizemos o protesto e na próxima semana irei levar no Ministério Público esse abaixo-assinado” disse Eliane.

A reportagem do Portal Leouve entrará em contato com a 4ª CREE nesta sexta-feira (9).

Foto: Wellington Frizon / Grupo RSCOM
Foto: Wellington Frizon / Grupo RSCOM
Foto: Wellington Frizon / Grupo RSCOM

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp