Exército conclui passadeira flutuante no Rio Caí, entre Caxias do Sul e Nova Petrópolis

Construção se trata de uma estreita ponte metálica montada sobre pequenas estruturas em forma de canoas, que flutuam de um lado ao outro do rio

Publicado por
08:49 - 07/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Exército conclui passadeira flutuante no Rio Caí, entre Caxias do Sul e Nova Petrópolis

Foto: Divulgação

O 6ºBatalhão de Engenharia de Combate, de São Gabriel, conclui neste sábado (6), a instalação de passadeira flutuante no Rio Caí entre Caxias do Sul e Nova Petrópolis. A informação foi repassada pelo Coronel Rafael Farias, comandante do grupo. A construção se trata de uma estreita ponte metálica montada sobre pequenas estruturas em forma de canoas, que flutuam de um lado ao outro do rio. A circulação será permitida das 06h30 às 18h.

Os trabalhos tiveram início na quinta-feira (4), quando 25 homens do Batalhão chegaram na cidade. A passadeira vai permitir o trânsito das pessoas entre as cidades. “Facilitando os deslocamentos para as fábricas e escolas na região, contribuindo para a retomada da atividade econômica e da rotina da população“, afirma. A instalação contou com apoio da Prefeitura de Caxias do Sul na preparação das margens.

A estrutura instalada demandou algumas modificações e adaptações, por conta da circulação de pessoas idosas, com dificuldade de locomoção e crianças. O Batalhão irá permanecer operando a passadeira, conforme demanda das prefeituras locais.

Ponte provisória

Enquanto o 6º Batalhão fez a instalação da passadeira, a ponte metálica ainda será montada pelo 9° Batalhão de Engenharia de Combate, sediado no município de Aquidauana, no Mato Grosso do Sul. A última informação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) é que equipe técnica está concluindo o novo plano de trabalho e o orçamento. A expectativa é de concluir a instalação da ponte metálica até o final deste mês.

O capitão Luís Carlos Henrique dos Santos relata o aguardo pela sinalização do DNIT. “Infelizmente sem novidades ainda. Estamos aguardando as obras do DNIT nas cabeceiras. Quando nos derem o pronto vamos lançar a ponte. Eu estou no Mato Grosso do Sul. Deixamos uma guarnição de 16 militares aí em Caxias do Sul para guarnecerem a ponte “, informa.

Leia também: Passadeiras flutuantes do Exército viabilizam a passagem de pessoas no Vale do Taquari

 

z

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp