Estrada que liga Caxias do Sul a Gramado segue interditada e sem previsão de liberação

Frequentemente diversos motoristas, especialmente caminhoneiros, têm ignorando os avisos de interdição e tentam usar a rota

Publicado por
13:30 - 26/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
CAXIAS DO SUL

Via segue totalmente bloqueada (Foto: Evanor Suzin)

A Estrada Municipal Luiz Daneluz, que conecta Caxias do Sul a Gramado passando pela ponte do Raposo, continua interditada e sem previsão de reabertura. A via sofreu sérios danos devido ao transbordamento do rio, que engoliu um trecho da estrada e provocou quedas de barreiras.

Frequentemente diversos motoristas, especialmente caminhoneiros, têm ignorando os avisos de interdição e tentam usar a rota, o que tem causado transtornos frequentes. Esses motoristas, seguidamente dizem ter sido guiados por GPS ou aplicativos de navegação que sugerem a estrada como alternativa. No entanto, a mesma está sinalizada. Eles acabam atolados e precisam ser resgatados, muitas vezes em horários inoportunos.

Apesar dos diversos avisos e placas ao longo do caminho advertindo sobre o bloqueio e os riscos de usar a via, os esforços da Subprefeitura de Vila Oliva não têm sido suficientes para evitar que muitos se aventurem e fiquem presos no trajeto. A situação tem levado a comunidade local a acionar a Subprefeitura, inclusive durante a madrugada, para guinchar os caminhões atolados.

CAXIAS DO SUL

Foto: Evanor Suzin

Outro fator que tem chamado atenção é o número crescente de motoristas que param na comunidade para pedir informações sobre a rota.

Outras vias que ligam à localidade da Grota também estão intransitáveis devido a barreiras, não oferecendo conexão para a região ou para Gramado. As obras de restauro da estrada podem demorar, tendo em vista que o rio levou parte da via que precisa ser reconstruída, além das barreiras que devem ser removidas.

A comunidade local e os viajantes são aconselhados a buscar rotas alternativas e a respeitar os avisos de interdição para evitar transtornos e garantir a segurança de todos. A Subprefeitura continua monitorando a situação e trabalhando para restabelecer a normalidade na região o mais breve possível.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp