ERS-122, entre Nova Milano e São Vendelino, terá trânsito liberado nesta quinta

Trecho fluirá sem interrupções a partir das 18h. Com a medida, todas as rodovias administradas pela CSG estarão em condições de trafegabilidade e sem bloqueios

Publicado por
17:43 - 16/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Liberado

Foto: CSG/Divulgação

A Concessionária da Serra Gaúcha (CSG) irá liberar a partir das 18h desta quinta-feira (16) o trecho da ERS-122, entre o distrito de Nova Milano (Farroupilha) e a cidade de São Vendelino. O local fluirá em ambos os sentidos. Com as ações tomadas, todos os 271,5 km de estradas sob administração da concessionária estarão em condições de trafegabilidade nas regiões do Vale do Caí e da Serra Gaúcha.

O ponto entre o km 39 e o 51 estava completamente bloqueado desde do dia 30 de abril, quando ocorreram deslizamentos de encostas, desmoronamentos e afundamentos de pista em diversos trechos da rodovia devido às fortes chuvas registradas na maior catástrofe climática na história do Rio Grande do Sul. As equipes da CSG trabalharam no local e seguem atuando em obras que ainda se fazem necessárias, porém, a trafegabilidade, principal objetivo da companhia nesse momento, foi recuperada.

Até o momento, a CSG resolveu 81% das ocorrências pontuais e emergenciais em sua área de cobertura, que abrange a totalidade da ERS-122, ERS-446 e ERS-240, além de trechos da RSC-453, BR-470 e RSC-287.

O secretário de Parcerias e Concessões do Rio Grande do Sul, Pedro Capeluppi, destaca que, mesmo com todas as dificuldades impostas pelo clima e relevo das regiões atingidas, a CSG atuou para dar condições de tráfego em duas semanas em todo o trecho concedido.

“Acompanhamos de perto os trabalhos emergenciais e de recuperação promovidos pela CSG. A concessionária está trabalhando de forma exemplar e alinhada com os órgãos públicos, nas rodovias do Vale do Caí e Serra. Atuaram com agilidade e segurança, possibilitando que os veículos de emergência e os cidadãos consigam utilizar nossas estradas estaduais”

O diretor-presidente da CSG, Ricardo Peres, cita a importância da liberação do trajeto entre São Vendelino e Farroupilha, por ser a principal ligação entre a região metropolitana com a Serra Gaúcha.

 

ERS-122 foi a rodovia mais atingida

A ERS-122 foi a rodovia com a maior incidência de sinistros durante as fortes chuvas, com 82 ocorrências, seguida pela ERS-446, com 16 registros. Ainda ocorreram oito intercorrências nas rodovias BRS-470 e RSC-453 e outras cinco na ERS-240. O único trecho sem alterações foi na ERS-287.

Em 15 dias, em todo o perímetro concedido à CSG, foram registrados 69 deslizamentos de barreiras e pedras, 28 pontos de acúmulo de água na pista, 10 pontos de erosão de cabeceiras e de asfaltos, 15 quedas de árvores, 120 canaletas e valas obstruídas, além dois afundamentos e fendas de pavimentos.

Fotos do trecho liberado:

Foto: CSG/Divulgação
Foto: CSG/Divulgação
Foto: CSG/Divulgação
Foto: CSG/Divulgação

 

Veja imagens de como estava o trecho após as fortes chuvas:

Foto: CSG/Divulgação
Foto: CSG/Divulgação
Foto: CSG/Divulgação

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp