Empresas interessadas podem aderir ao Dia Livre de Impostos até a próxima quarta-feira

Desde 2003, a campanha de conscientização e de protesto contra a alta carga tributária, é promovida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), por meio das CDL Jovem de todo o Brasil

Publicado por
12:12 - 29/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Empresas interessadas podem aderir ao Dia Livre de Impostos até a próxima quarta-feira

Campanha em 2023. Foto: CDL Jovem Caxias/ Divulgação

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Caxias do Sul está incentivando empreendimentos do comércio, dos serviços e da indústria do município a aderirem ao Dia Livre de Impostos por meio da venda de produtos e serviços com descontos proporcionais ao imposto de cada item. Para aderir, não é preciso ser associado da CDL Caxias do Sul. Estabelecimentos que tenham interesse em participar devem fazer o cadastro da sua promoção até as 22h do dia 5 de junho.

A mobilização nacional ocorre no dia 6 de junho. A inscrição é gratuita e deve ser feita, exclusivamente, pelo www.dialivredeimpostos.com.br. As marcas e os itens registrados poderão ser consultados pelos consumidores no site. Caso os empreendedores tenham dúvida para realizar o cadastro, é possível enviar email para [email protected] e solicitar apoio.

Não é necessário que o empresário coloque à venda todos os itens com desconto. Porém, nos produtos ou serviços que ele escolher é obrigatório dar a redução proporcional do valor do respectivo tributo à nível nacional. O desconto referente ao encargo é apenas para o consumidor, para demonstrar a ele o percentual de imposto sobre o produto ou serviço. A ação visa conscientizar o cliente do alto índice de taxação”, reitera Katiane Danielle Paim, coordenadora de Eventos da CDL Jovem Caxias.

Desde 2003, a campanha é promovida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), por meio das CDL Jovem de todo o Brasil. Em Caxias do Sul, a mobilização ocorre há seis anos consecutivos.

Em 2024, cada brasileiro precisou trabalhar os primeiros cinco meses do ano para pagar toda a carga tributária existente no Brasil. Para tratar do excesso de impostos pagos pelo comércio, serviços e indústria, além da burocracia tributária que atrapalha o ambiente de negócios, a CDL Jovem Caxias abordará o tema na segunda edição do ano do Happy Hour.

No dia 6 de junho, com vagas limitadas, o evento gratuito ocorrerá às 19h, no Rocca Garden, em Caxias do Sul. Cada participante inscrito no site oficial terá direito a uma taça de espumante, bebida que possui tributação de 59,49%, de acordo com o Impostômetro, do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

Com o tema ‘Imposto: um mal necessário’, o evento contará com a presença de três convidados, especialistas na área tributária: Willian Furlan, contador e presidente do Sescon Jovem; Mauricio de Costa Almeida, sócio do escritório Santos & Almeida Advogados e integrantes da CDL Jovem; e Iuri Von Brock, advogado tributarista na Assecont Serviços Contábeis.

Katiane Danielle Paim, coordenadora de Eventos da CDL Jovem Caxias, destaca que ações como a DLI são imprescindíveis para a conscientização e servem ainda como forma de protesto contra a alta carga tributária e o baixo retorno das taxas arrecadadas pelas autoridades.

A jovem empresária cita exemplos de impostos excessivos cobrados em alguns produtos, de acordo com o IBPT, como joias (50,44%), peixes (34,48%), ração para cães e gatos (41,26%), caipirinha (76,66%), panelas (45,77%), gasolina (61,95%), jogos de vídeo-game (72,18%), micro-ondas (59,37%) e caneta (49,95%). De acordo com o instituto, o Brasil está entre os 15 países com maiores cargas tributárias do mundo.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp