Emissão de vistos americanos para brasileiros cresce 19% em julho

O governo dos Estados Unidos emitiu 70.998 vistos para brasileiros em julho de 2022, uma alta de 18,37% em relação…

Publicado por
08:41 - 07/09/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
VISTOS AMERICANOS

O governo dos Estados Unidos emitiu 70.998 vistos para brasileiros em julho de 2022, uma alta de 18,37% em relação a junho. Nos sete primeiros meses do ano, já são 476 mil autorizações de entrada dadas a cidadãos do Brasil, o que representa uma elevação de mais de 2.500% sobre o mesmo período de 2021. Os dados são de um levantamento realizado pela consultoria imigratória AG Immigration junto ao Departamento de Estado americano.

O visto que puxou o crescimento das emissões em julho foi o de negócio e turismo, também conhecido como B1/B2. Foram expedidas 63.125 autorizações deste tipo no mês passado, um salto de 19% em relação a junho.

Mais do que isso, este é o quarto maior volume de emissões de vistos de negócio e turismo de 2022 e também o quarto maior da história, o que, no entendimento do advogado de imigração Felipe Alexandre, evidencia o apetite do brasileiro pelos EUA após dois anos de pandemia em que as fronteiras estiveram fechadas e os órgãos diplomáticos funcionaram com atendimento reduzido.

“Em 2020 e 2021, a Embaixada e os consulados dos EUA no Brasil praticamente não deram atendimento ao público geral, por questões de segurança. Isso fez com que centenas de milhares de pedidos ficassem represados e tem exigido agora um grande esforço por parte dos oficiais consulares para analisar essas petições”, comenta Alexandre, um dos sócios da AG Immigration.

Somando os dados de 2020 e 2021, por exemplo, foram registradas apenas 172 mil emissões de vistos B1/B2 para brasileiros, sendo que em 2022 este número já passa dos 435 mil. Ou seja, em sete meses já há mais do que o dobro de emissões dos que os dois anos anteriores inteiros. “Todos os meses, o Brasil é o país que mais recebe vistos de turismo”, diz Alexandre.

Dados do Escritório Nacional de Viagens e Turismo dos EUA revelam que, de janeiro a julho deste ano, 629 mil turistas brasileiros entraram no país, sendo a sétima nacionalidade que mais visitou o território americano no período. O Brasil fica atrás somente de Canadá, México, Reino Unido, Alemanha, Índia e França. “Mas o Brasil deve subir nesse ranking, conforme o verão do Hemisfério Norte chega ao fim e o verão do Hemisfério Sul se aproxima”, comenta o advogado da AG Immigration.

Mas quem quer tirar o visto de turismo americano precisará ter paciência. Estimativas da Embaixada dos EUA no Brasil dão conta de que o tempo médio atual para se conseguir uma entrevista com um oficial consular – processo obrigatório para quem solicita o visto pela primeira vez – pode passar de um ano.

No Consulado do Rio de Janeiro, a fila é de 442 dias. Em seguida, estão Brasília (440), São Paulo (365), Recife (328) e Porto Alegre (251).

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp