Embraer anuncia produção do primeiro protótipo de carro voador em tamanho real no Brasil

Veículo que deve estar pronto até o final do ano será montado em Taubaté, no interior de São Paulo

Publicado por
15:32 - 24/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Embraer anuncia produção do primeiro protótipo de carro voador em tamanho real no Brasil. (Imagem: Divulgação/Embraer)

Embraer anuncia produção do primeiro protótipo de carro voador em tamanho real no Brasil. (Imagem: Divulgação/Embraer)

A Eve Air Mobility, empresa de mobilidade aérea urbana da Embraer, revelou planos para a produção do primeiro protótipo de carro voador (eVTOL) em tamanho real até o final deste ano. A montagem do veículo está programada para acontecer em Taubaté, no interior de São Paulo.

Os primeiros testes de voo do eVTOL também estão previstos para os próximos meses, na cidade de Gavião Peixoto, localizada a 330 km da capital paulista. As informações foram divulgadas por Daniel Moczydlower, presidente da Embraer-X, durante o Web Summit Rio 2024.

Embora ainda não tenha um nome oficial, o carro voador é conhecido internamente como Eve 01. Este será o primeiro protótipo em escala real, chamado de 1:1, indicando que suas medidas serão idênticas às do veículo final. Anteriormente, a Eve havia testado modelos em escala 1:3, semelhantes a drones gigantes.

“A Eve só tinha montado e até colocou para voar o modelo de escala 1:3, que é como se fosse um drone gigante. Agora, vamos produzir o veículo de verdade, que iremos usar no futuro”, disse Moczydlower. “Essa é uma etapa essencial para começar a certificação com a Anac”, completou.

A Eve Air Mobility já recebeu quase 3 mil encomendas do seu eVTOL. No Brasil, a previsão é que a aeronave comece a voar em São Paulo a partir de 2026. Uma das empresas que vai operar voos comerciais na capital paulista é a Voar Aviation, que comprou 70 eVTOLs da Eve.

Apesar dos desafios que o setor enfrenta, como regulamentação, infraestrutura e treinamento de pilotos, Moczydlower acredita que o Brasil pode se destacar no universo dos “carros voadores”.

(Divulgação)

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp