Detenta agredida no Instituto Penal Feminino de Porto Alegre

Neste sábado (21), dentro do Instituto Penal Feminino de Porto Alegre, uma detenta foi encontrada ferida por volta das 16hs….

Publicado por
13:51 - 22/09/2019

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Gaes foi chamado para conter a briga (Foto: Susepe / Divulgação)

Neste sábado (21), dentro do Instituto Penal Feminino de Porto Alegre, uma detenta foi encontrada ferida por volta das 16hs. A mulher alega ter sido torturada por mais de 10 horas até ser socorrida.

Conforme a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), os agentes viram uma briga no pátio da penitenciária e chamaram o Grupo de Operações Especias da Susepe (Gaes). Seis pessoas foram identificadas como agressoras e transferidas para o Presídio Feminino de Guaíba.

Conforme César da Veiga, superintendente, os motivos do conflito não estão claros e não é descartada que a desavença tenha sido causada por rixa entre facções rivais. A mulher ferida recebeu atendimento médico e voltou à cela.

Gaes foi chamado para conter a briga (Foto: Susepe / Divulgação)

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp