Delegados encerram medida de silêncio sobre ações no RS

Decisão vale a partir desta sexta-feira (29)

Publicado por
09:29 - 29/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Delegados encerram medida de silêncio sobre ações no RS

Presidente da Asdep, delegado Guilherme Wondracek | Foto: Vinícius Pereira / Asdep

Os membros da Associação dos Delegados de Polícia do RS (Asdep) decidiram suspender a medida de silêncio. A decisão vale a partir desta sexta-feira (29). Desde dezembro a categoria não divulgava detalhes de operações nem concedia entrevistas, com o objetivo de pressionar o governo a conceder reposição salarial.

De acordo com o presidente da Asdep, delegado Guilherme Wondracek, a retomada das divulgações é um voto de confiança no Executivo Estadual. Na visão dele, o silêncio da classe visava chamar atenção para a demanda salarial, o que acabou acontecendo.

“A categoria alcançou o objetivo de alertar o governo sobre as dificuldades pelas quais os delegados passam. Estamos há quase 11 anos sem aumento. Temos certeza que seremos recebidos pelo governo, nos próximos dias, para iniciar tratativas sobre os vencimentos. Por conta disso, resolvemos dar esse voto de confiança”, afirmou.

Outra atitude adotada pela associação foi intensificar o diálogo com deputados estaduais. Ao longo da semana, os delegados têm participado de audiências na Assembleia Legislativa, buscando apoio político para impulsionar a questão salarial.

De acordo com a Asdep, apesar de ter havido concursos, entre 2020 e 2023, promovendo o ingresso de novos policiais, nos últimos quatro anos a exoneração de policiais civis aumentou 300%, fruto da necessidade de valorização.

“O Estado faz o concurso, treina, capacita, mas o profissional não fica. Migra para outras carreiras ou para polícias de outros estados que remuneram mais e melhor. Essa é a situação. Delegados estão deixando a carreira no RS. Estamos perdendo força para combater o crime”, disse o presidente da entidade.

*Fonte: Correio do Povo

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp