Coordenadoria da Juventude de Caxias do Sul lança cartilha sobre Bullying e Cyberbullying

Material foi lançado na Semana Municipal da Juventude

Publicado por
10:44 - 15/08/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Lucas Fermiani/Divulgação)

Foi lançada em Caxias do Sul a cartilha “Conhecendo para deter: Bullying e Cyberbullying” na 14ª Semana Municipal da Juventude, que ocorreu de 08 a 12 de agosto. O material foi apresentado na Prefeitura Municipal e aborda a temática do bullying e suas consequências, principalmente em ambiente escolar. A cartilha foi criada pela Coordenadoria da Juventude, vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social.

Conforme o titular da coordenadoria, Morvan da Costa e Silva, o objetivo da cartilha é alertar a comunidade com relação ao Bullying e Cyberbullying, principalmente entre os jovens, apontando as consequências, como na saúde mental. “O Bullying e o Cyberbullying acarretam muito mais o ato praticado nas áreas psicossociais do jovem. Ela afeta a área da evasão escolar, onde o jovem deixa de ir à escola por estar sofrendo Bullying, então, o material serve de apoio para os professores, para os pais, para os jovens, tanto no meio familiar quanto no social”.

Segundo o coordenador, o combate ao preconceito e prática do Bullying parte do momento em que a sociedade deve pensar no próximo, “em como aquela pessoa vai estar se sentindo no momento em que eu estiver praticando o Bullying, um xingamento, apelidando aquele jovem, até a questão física e verbal, a gente pode começar por aí”, destaca.

Morvan ainda ressalta que o material é acessível e super didático, de fácil entendimento para todos os públicos, sendo possível qualquer pessoa ter em suas mãos através do celular, computador ou qualquer meio digital. A cartilha atualmente está disponível em PDF, porém, a ideia é futuramente disponibilizar QR Code em locais públicos. Para acessar a cartilha clique aqui.

A Coordenadoria da Juventude de Caxias do Sul aplica políticas públicas para jovens entre 15 e 29 anos em situação de vulnerabilidade social. O setor está à disposição da comunidade pelo fone (54) 3218-6000 no ramal 6449.

Foto por Lucas Fermiani

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp