Construção de viadutos em frente ao Parque Assis Brasil devem iniciar ainda no mês de junho, em Esteio

As obras devem diminuir o tempo de viagem e garantir mais segurança aos gaúchos.

Publicado por
15:36 - 05/06/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

O início das obras de construção de dois viadutos em frente ao Parque de Exposições Assis Brasil, na BR 116, em Esteio, está previsto para a segunda quinzena de junho, segundo informou o DNIT. O prazo de conclusão dos trabalhos está estimado para o primeiro semestre de 2024. Já o terceiro viaduto, de retorno à BR 116, próximo ao km 257, tem como previsão de início janeiro do próximo ano e término em dezembro de 2024. As obras serão paralisadas durante a Expointer e retomadas ao término do evento. Segundo a autarquia federal, ainda em Esteio, estão previstas as obras dos viadutos de acesso à Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), na divisa com Canoas, e do viaduto sobre a Trensurb, programadas para acontecerem em 2024 e 2025.
A ampliação das pontes do Arroio Sapucaia tem como cronograma o início no segundo semestre de 2024 e conclusão no primeiro semestre de 2025. Na semana passada, o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), Hiratan Pinheiro da Silva, participou de audiência pública, da Frente Parlamentar de Obras Viárias e Mobilidade, na Câmara Vereadores de Esteio, junto com os vereadores Leo Dahmer, Fernanda Fernandes e Gilmar Rinaldi. “Estas obras vão facilitar o acesso dos visitantes ao parque e o retorno adequado para a BR-116”, disse o superintendente do DNIT. Além disso, ele garantiu que as obras de alargamento do viaduto da Metrovel e da Avenida Boqueirão, na cidade de Canoas, que permitirão a implantação de uma terceira faixa em ambos os sentidos, ampliando a capacidade de fluxo na rodovia, também estão no cronograma. Estas, segundo ele, devem iniciar em 30 dias.
No encontro, Hiratan disse ainda que o trecho de São Leopoldo, por ser o mais degradado, é o que tem prioridade a receber as melhorias. Além do alargamento da ponte sobre o Rio dos Sinos, já em construção, mais duas novas pontes serão construídas sobre a várzea do rio. No acesso ao bairro Scharlau, local considerado de grande fluxo, já está em andamento a construção de dois novos viadutos, que deixará o trânsito com mais fluidez e mobilidade. Novo Hamburgo também receberá melhorias ligando os bairros que têm, atualmente, interferência com a BR 116. “Estão previstas a construção de novas alças no Viaduto Ayrton Senna, que criará novos acessos, tanto para quem entra na rodovia, quanto na direção do Centro e do bairro Primavera, sobre o arroio Luis Raul, onde haverá mais uma pista em cada sentido do pontilhão, desafogando as retenções de tráfego na região”, destacou. As intervenções devem diminuir o tempo de viagem e garantir mais segurança e conforto aos gaúchos.
O DNIT tem disponível, em 2023, um orçamento de R$ 174 milhões para as obras do lote 1 das melhorias da BR 116. Com esse recurso, a autarquia pretende concluir as obras do complexo do Rio dos Sinos até a Scharlau, em São Leopoldo, e iniciar as obras em Esteio. O Departamento ressalta que todas as obras previstas no lote 1 estão estimadas em R$ 700 milhões para total execução.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp