Comunidade da Zona Norte terá capela mortuária em Caxias do Sul

Presidente do bairro Vila Ipê fala das principais demandas da região

Publicado por
10:58 - 28/10/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Comunidade da Zona Norte terá capela mortuária em Caxias do Sul

Foto: Samuel Maciel / Prefeitura

A comunidade da Zona Norte de Caxias do Sul conquistou o projeto para construir uma capela mortuária. O projeto arquitetônico completo, que inclui a estrutura, hidráulica, elétrica e Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI), foi entregue pela Prefeitura.

A presidente da Associação de Moradores do Vila Ipê, Zita Girardi, conta que ela e outros integrantes da comunidade, além de vereadores, iniciaram a proposta da região ter uma capela comunitária. Segundo Zita no Santa Fé há uma capela, mas por pertencer a uma funerária há um custo, muitas vezes, elevado para as famílias em situação de vulnerabilidade que moram na Zona Norte.

Velório no centro comunitário

Atualmente, Zita precisa emprestar o centro comunitário do bairro para serem feitos os velórios, o que não seria permitido pela Prefeitura, entretanto, não há outra opção. A nova capela, que contemplará duas salas para velórios, cozinha, banheiro e uma sala para aguardar objetos, será construída atrás do centro comunitário. O terreno já foi definido e analisado.

De acordo com a presidente, um valor para a construção ainda não foi definido. Esse recurso é de responsabilidade da comunidade a qual pretende buscar junto da igreja e emendas parlamentares. Todos esses detalhes, além da demonstração do projeto serão debatidos pela população em um encontro que deve ser realizado até o final deste ano.

Outras Demandas do Vila Ipê

Zita Girardi comentou também sobre outras demandas que o bairro Vila Ipê necessitam. Segundo ela, outro problema constante, mas que ainda não foi resolvido, é o transporte coletivo no bairro. As linhas tiveram redução durante a pandemia. Os horários que antes eram de 20 em 20 minutos, passaram para meia a meia hora durante a manhã e ao longo do dia é de hora em hora. Este horário está atrapalhando a locomoção da população.

Ainda, os moradores pedem a conclusão do cascalhamento na Rua das Andorinhas, onde cerca de 500 metros ainda é estrada de chão. Em dias de chuvas, valas de abrem na rua e não permitindo a passagem de veículos. Esse trecho é próximo a uma escola, atrapalhando a chegada de estudantes na instituição.

Evento de dia das crianças

O 15º Mutirão de Natal da Zona Norte, acontecerá no dia 11 de novembro, a partir das 13h, no Complexo Esportiva da Zona Norte. Nesta data mais de 3 mil crianças participam, portanto, a presidente Zita Girardi solicita que as pessoas possam fazer a doação de mantimentos para preparar o cachorro quente, refrigerante e brinquedos.

As doações podem ser agendadas com a própria Zita no (54) 99163-0520.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp