Com 33 famílias fora de casa, Prefeitura de Caxias do Sul reafirma esforços para a reconstrução de Galópolis

Durante uma reunião com os moradores das áreas de risco ainda interditadas, foram discutidas ações e esclarecidas dúvidas sobre benefícios sociais

Publicado por
16:05 - 07/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Com 33 famílias fora de casa, Prefeitura de Caxias do Sul anuncia estudo geológico e isenção de IPTU, em Galópolis. (Foto: Rodrigo Rossi)

Com 33 famílias fora de casa, Prefeitura de Caxias do Sul anuncia estudo geológico e isenção de IPTU, em Galópolis. (Foto: Rodrigo Rossi)

Representantes do Executivo de Caxias do Sul estiveram no bairro Galópolis, na noite desta quinta-feira (06). Cerca de 100 pessoas participaram de uma reunião com as autoridades. Acompanhado por secretários e servidores, o prefeito Adiló Didomenico (PSDB) ouviu as preocupações dos moradores e esclareceu dúvidas das famílias afetadas pelas fortes chuvas. O encontro ocorreu no Sindicato Têxtil (SindGal).

Servidores da Fundação de Assistência Social (FAS/CRAS), da Secretaria de Habitação e da Defesa Civil realizaram o cadastro dos moradores atingidos pelo desastre climático. O objetivo foi verificar a situação das famílias que necessitam de encaminhamentos, como o Auxílio Reconstrução, por exemplo. Eles também esclareceram dúvidas sobre outros benefícios.

Durante a reunião com os moradores das áreas de risco que ainda estão interditadas foram discutidos os próximos passos a serem tomados pelo Município. A principal preocupação das famílias é com relação aos deslizamentos de terra, que já vitimaram sete pessoas.

Galópolis foi o bairro mais atingido em Caxias do Sul, com 33 famílias ainda fora de suas casas. O prefeito anunciou a contratação urgente de um estudo geológico completo para mapear as áreas atingidas, visando liberar as famílias para voltarem às suas casas em segurança o mais rápido possível.

Adiló reforçou que os atingidos pela calamidade em Galópolis terão isenção na conta de água por três meses, a partir de 1º de junho. A medida foi adotada pelo Samae porque as contas de maio já haviam sido emitidas. Em relação ao IPTU, a Secretaria da Receita e a Advocacia-Geral do Município estão em contato com o Ministério Público Eleitoral para isentar os moradores que ainda não terminaram o parcelamento ou não fizeram o pagamento, além de devolver o valor para aqueles que já pagaram. No entanto, devido às restrições eleitorais, essa medida enfrenta desafios.

Investimentos em infraestrutura

O prefeito de Caxias do Sul destacou a importância dos tanques de contenção (piscinões) e anunciou a construção de mais quatro no município, beneficiando Galópolis, ao ajudar a reter a água que desce para o bairro. Ele garantiu aos moradores seu compromisso em ajudar na reconstrução do bairro e que estará presente sempre que necessário.

Adiló afirmou que as interdições feitas no bairro foram necessárias para evitar mais mortes devido aos deslizamentos.

“Eu sei que é desconfortável, que pegou muita gente de surpresa, mas o mais importante é que estamos aqui, vivos, chorando a perda daqueles familiares e amigos que partiram. A prudência era necessária numa situação que não se sabia como ia terminar, porque quando parecia que o tempo ia melhorar, vinha outra bomba de água”, afirmou.

Didomenico reforçou ainda a importância de os moradores procurarem informações em fontes seguras, como o site e as redes sociais da Prefeitura de Caxias do Sul, e também com a Associação dos Moradores de Galópolis.

*Fotos: Rodrigo Rossi / Prefeitura de Caxias do Sul

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp