Colheita de soja ultrapassa a metade da área de cultivo no RS

Perdas na produtividade permanecem

Publicado por
06:32 - 22/04/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Colheita de soja ultrapassa a metade da área de cultivo, e perdas na produtividade permanecem

foto Emater/RS-Ascar

A área de soja colhida no Estado do Rio Grande do Sul alcançou 54% das lavouras. Restam 36% em maturação e 10% ainda em enchimento de grãos. Conforme o Informativo Conjuntural produzido e divulgado nesta quinta-feira (20/04) pela Emater/RS-Ascar, as condições do tempo foram apropriadas à colheita até a metade do período. A partir da segunda metade, devido à ocorrência de precipitações e da permanência de nebulosidade e umidade do ar elevada em algumas áreas, não houve andamento dos trabalhos de colheita, aumentando a perda de grãos por falhas no sistema de trilha.

De maneira geral, o produto colhido apresenta adequada umidade dos grãos, variando de 13% a 16%. Porém, há impurezas e maior umidade nas lavouras mais infestadas por plantas daninhas, onde não foi possível realizar a dessecação para colheita. A safra também está caracterizada por um aumento de perdas na colheita em relação à plataforma de corte e à alimentação das colhedoras, devido à menor altura das plantas e da inserção dos legumes, o que dificulta o recolhimento. Apesar disso, as perdas na colheita ainda se mantêm próximas ao limite aceitável.

Continuam os relatos de perdas de produtividade muito elevadas em lavouras, inviabilizando a colheita. Em algumas dessas áreas, já são efetuados o preparo de solo com grade para o manejo de plantas daninhas, bem como a implantação de plantas de cobertura destinada à produção de palhada para o próximo cultivo de trigo. Os produtores que possuem lavouras em terras baixas e irrigadas no sistema sulco-camalhão estão atingindo excelentes produtividades.

Os preços estão em contínua queda, o que preocupa os produtores, que já sofrem prejuízos expressivos em razão da estiagem. Após algumas safras que não foram benéficas às vendas de soja para o mercado futuro, neste ano, a estratégia tem se mostrado bastante favorável por conta das diferenças positivas de até R$ 50,00 por saca para negócios efetuados antecipadamente.

A área cultivada de soja no Estado é de 6.513.891 hectares. A produtividade atual está estimada em 2.175 kg/ha.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp