Cirurgião plástico é preso por suspeita de manter paciente em cárcere privado no Rio

Policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher resgataram a vítima

Publicado por
08:29 - 19/07/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Cirurgião plástico é preso por suspeita de manter paciente em cárcere privado no Rio

(Foto: Divulgação)

O cirurgião plástico equatoriano Bolívar Guerrero Silva, foi preso, nesta segunda-feira, 18, por suspeita de manter uma paciente em cárcere privado, há dois meses, em um hospital particular no Rio de Janeiro. Policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) resgataram a mulher.

A família da vítima disse a polícia que ela era mantida em cárcere privado desde que passou por uma cirurgia plástica na barriga, que teria dado errado. O médico também é sócio do hospital e prestou depoimento na tarde desta segunda-feira.

A polícia vai ouvir outras testemunhas e informou que o médico já era investigado por outros casos similares. O caso ocorre uma semana depois da prisão de um anestesista acusado de estupro de vulnerável na Baixada Fluminense.

Fonte: Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp