Cinco pessoas serão julgadas nesta quinta-feira por matar um bebê e seus pais, em Porto Alegre

O crime ocorreu na noite de 23 de setembro de 2018

Publicado por
09:05 - 20/09/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
PORTO ALEGRE

Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

Cinco homens, denunciados pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) em Porto Alegre, pela morte de Alice Beatriz Paines Araújo, de um ano, Douglas Araújo da Silva, 29 anos, e Sabrine Paines Rodrigues, 24 anos, em 2018, começam a ser julgados nesta quinta-feira (21). O júri está marcado para iniciar às 9h15 na 3ª Vara do Júri da Capital e deve se estender por até dois dias, estima o promotor de Justiça Octavio Cordeiro Noronha, que atuará em plenário. Ainda há um sexto réu, que está preso e responde em outro processo, ainda sem previsão de julgamento.

Os réus respondem por três homicídios triplamente qualificados (motivo torpe, perigo comum e uso de emboscada ou recurso que dificultou a defesa das vítimas), e associação criminosa. Em relação a um dos crimes ainda incide a majorante devido à morte de uma criança menor de 14 anos.

A denúncia do Ministério Público descreve que, na noite de 23 de setembro de 2018, as vítimas estavam comemorando o aniversário de um ano da Alice. Ao deixarem o local da festa de carro em Porto Alegre, outros dois veículos iniciaram uma perseguição e posterior interceptação. O carro das vítimas foi atingido por inúmeros disparos de arma de fogo (fuzil e pistola), causando a morte de todos os ocupantes.

Conforme investigação, o crime foi motivado por desavenças envolvendo disputa pelo tráfico de drogas. Douglas era apontado como alvo da ação, pois integrava uma facção rival a dos atiradores. Ele já havia sido preso por tráfico e, quando foi morto, estava foragido.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp