China registrou cerca de 13 mil mortes por Covid-19 em hospitais só na última semana

Dezenas de milhões de pessoas viajaram neste fim de semana para se reunirem com suas famílias e celebrar o feriado mais importante do calendário chinês

Publicado por
17:40 - 22/01/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
CHINA COVID-19

Foto: EFE / EPA / JEROME FAVRE

China registrou quase 13.000 mortes relacionadas à Covid-19 em hospitais entre 13 e 19 de janeiro, depois de uma autoridade do alto escalão da Saúde afirmar que a grande maioria da população já havia contraído o vírus. Há uma semana, o governo chinês informou que quase 60.000 pessoas morreram de Covid-19 em hospitais até 12 de janeiro.

Neste sábado (21), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) da China anunciou que 681 pacientes hospitalizados morreram de insuficiência respiratória por coronavírus e outros 11.977 morreram de outras doenças combinadas com o vírus. Esses dados não incluem pessoas que morreram em casa. A Airfinity, uma consultoria independente, estimou que a taxa diária de mortalidade na China atingirá o pico de 36.000 durante o Ano Novo Lunar neste fim de semana. 

A empresa também estimou que mais de 600.000 pessoas morreram da doença desde que a China abandonou sua política de “covid zero” em dezembro. A China já superou o pico de casos, segundo os registros de internações em clínicas, pronto-socorros e unidades de terapia intensiva, disse Guo Yanhong, funcionário de alto escalão da Comissão Nacional de Saúde, na última quinta-feira.

Fonte: Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp