Carlos Barbosa investiga primeiro caso autóctone de dengue 

São seis casos de dengues confirmados no município até o momento, sendo cinco importados e um autóctone

Publicado por
09:36 - 21/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: freepik)

Autoridades de saúde de Carlos Barbosa estão em alerta após o registro do primeiro caso autóctone de dengue no município. O paciente, residente na área central, apresentou sintomas compatíveis com a doença no dia 02 de fevereiro, desencadeando uma investigação sobre a origem da infecção.

Segundo informações preliminares, o paciente não teria deixado a cidade nos últimos dias, levantando dúvidas sobre a possibilidade de contágio local. Coletas de amostras foram realizadas nas proximidades da residência do indivíduo, mas nenhum foco do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, foi encontrado até o momento.

Este caso autóctone se soma a outros cinco casos importados, totalizando seis registros da doença em Carlos Barbosa. As autoridades de saúde ressaltam que estão investigando ativamente a origem e a possível extensão do contágio, visando adotar medidas preventivas e de controle adequadas.

Os sintomas da dengue incluem dor de cabeça, dor no corpo, febre, enjoos, vômitos, manchas vermelhas na pele, além de outros sinais como sonolência, irritabilidade e confusão mental. A doença pode se manifestar de forma clássica ou hemorrágica, com o segundo caso apresentando riscos mais graves à saúde.

É importante ressaltar que não há um medicamento específico para o tratamento da dengue, e os remédios disponíveis para aliviar os sintomas devem ser prescritos por um médico, evitando o aumento do risco de sangramento.

Enquanto as autoridades investigam a origem e a extensão do contágio, a população é orientada a tomar medidas preventivas simples, mas eficazes, no combate ao Aedes aegypti, tais como a eliminação de criadouros e o cuidado constante com recipientes que possam acumular água parada. A prevenção é a melhor arma contra a dengue.

LEIA MAIS 
Rio Grande do Sul registra o quarto óbito por dengue em 2024

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp