Cadeiras de rodas especiais são entregues a abrigados que perderam equipamentos

Até o momento quatro cadeiras foram entregues, priorizando qualidade sobre quantidade, com análise individual das necessidades

Publicado por
13:29 - 16/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Cadeiras de rodas especiais são entregues a abrigados que perderam equipamentos. (Foto: Ascom / SES)

Cadeiras de rodas especiais são entregues a abrigados que perderam equipamentos. (Foto: Ascom / SES)

A Secretaria da Saúde (SES) iniciou, nesta semana, a distribuição de cadeiras de rodas especiais a pessoas com deficiência física que perderam seus equipamentos nas enchentes. A ação é resultado de um levantamento sobre as necessidades da população em abrigos no Estado. Até o momento, quatro cadeiras de rodas com características específicas foram entregues para pessoas em abrigos.

O Departamento de Atenção Especializada (Dgae) da SES está catalogando e distribuindo cadeiras de rodas específicas, de acordo com as condições físicas dos abrigados. Esses equipamentos diferem das cadeiras de rodas padrão, geralmente utilizadas para transporte.

As cadeiras, recebidas por doação e igualmente doadas às pessoas com deficiência, são direcionadas para se adequarem às necessidades clínicas descritas no levantamento.

Profissionais da saúde atuando como voluntários, junto das coordenações dos abrigos, podem preencher um formulário on-line informando as demandas por cadeiras de rodas e de banho, muletas e andadores, entre outros equipamentos. O foco inicial é fornecer equipamentos que auxiliam na mobilidade, priorizando restituir equipamentos para quem os perdeu.

Uma rede de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais voluntários está auxiliando o preenchimento da planilha – que reúne informações como nome, idade, condição clínica, peso, altura e local do abrigo. Os dados auxiliam para que os diferentes modelos de cadeiras de rodas especiais cheguem até os necessitados de maneira assertiva, considerando que cada condição física exige um tipo de encosto, de apoio e de função do equipamento.

Encaminhamento das doações

Por meio da interlocução entre o formulário e o catálogo de cadeiras especiais, uma família resgatada do bairro Humaitá, em Porto Alegre, recebeu a doação de uma cadeira de rodas com características específicas para a filha, que tem uma degeneração neurológica progressiva e estava sem o equipamento. Além da entrega em Porto Alegre, também foram encaminhadas para Canoas as doações de duas cadeiras especiais infantis e uma adulta.

O objetivo do setor de Saúde da Pessoa com Deficiência da SES é priorizar a qualidade na entrega e não a quantidade de equipamentos, uma vez que as demandas estão sendo analisadas e direcionadas caso a caso. A medida está sendo articulada em conjunto com a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região (Crefito-5) e o Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, que estão auxiliando no monitoramento.

Até o final desta semana, o formulário será enviado para as Coordenadorias Regionais de Saúde atingidas para que o levantamento chegue a mais lugares. Unidades de cadeiras de rodas padrão, que podem ser utilizadas para auxiliar idosos e pessoas com dificuldades temporárias de locomoção, também estão sendo entregues pela SES conforme a demanda.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp