Brasil perde para Argentina no Pré-Olímpico e está fora dos Jogos de Paris

Equipe treinada por Ramón Menezes jogou pouco e acabou perdendo com gol de Gondou, aos 32 minutos do segundo tempo

Publicado por
19:54 - 11/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
brasil

Foto: AFP

A Seleção Brasileira está fora dos Jogos Olímpicos de Paris, que começam no dia 26 de julho deste ano. A equipe treinada por Ramon Menezes perdeu por 1 a 0 para a Argentina, na última rodada do Pré-Olímpico disputado na Venezuela. O gol da partida, disputada neste domingo, foi marcado por Gondou, aos 32 minutos da segunda etapa. Paraguai e Venezuela decidem a outra vaga logo mais, a partir das 20h30min.

Domínio argentino na primeira etapa
No primeiro tempo o domínio foi da Argentina com mais posse de bola e chances de gol. Apesar disso, o Brasil esteve bem defensivamente e sofreu pouco. A exceção foi a falta cobrada por Almada, que bateu na trave. No ataque, a seleção brasileira pouco criou. Com pouca criatividade dos jogadores do meio como Maurício, Pirani e Andrey, Endrick praticamente jogou sozinho. Os primeiros 45 minutos acabaram sem gols e com o Brasil sem um bom futebol.

Brasil melhora, mas Argentina marca

O segundo tempo começou sem alterações do lado brasileiro. O Brasil continuava apático ofensivamente até que Ramon Menezes colocou John Kennedy na partida aos 11 minutos. O atacante do Flu entrou na partida e o Brasil entrou no jogo. Logo aos 15 uma chance clara. JK fez ótima jogada, desde o meio de campo e ao ser desarmado, a bola sobrou dentro da área para Gabriel Pec, que chutou fraco facilitando a defesa do goleiro argentino. Porém, a melhora do time brasileiro durou pouco tempo.

Do outro lado a Argentina continuou atacando, pois precisava vencer para se classificar. Aos 32 minutos veio o castigo. Pelo lado esquerdo, Barco cruzou e Gondou subiu mais alto que todo mundo e estufou as redes. Era o 1 a 0 argentino. Depois disso, o Brasil pouco fez para merecer o empate. A catimba argentina prevaleceu e o sonho do Tri Olímpico para o futebol brasileiro acabou antes mesmo do começo dos Jogos

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp