Bolsonaristas desarmam acampamento em frente ao quartel de Caxias do Sul

A manifestação caxiense contra o resultado das eleições de 2022 iniciou poucas horas depois do final da eleição para presidente no último dia 30 de outubro

Publicado por
15:20 - 01/01/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Marcos Cardoso

Após 61 dias o grupo de manifestantes bolsonaristas levantaram o acampamento em frente ao quartel do 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe), no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul.

As primeiras barracas que estavam montadas as margens da Avenida Rio Branco começaram a ser desmontadas por volta das 10h da manhã deste domingo (01). Com um semblante de tristeza e um clima de desconforto, os bolsonaristas foram aos poucos se retirando do espaço.

Enquanto as lonas das barracas eram esticadas no muro do quartel a espera da enrolada final, a estrutura que manteve os bolsonaristas acampados por dois meses foram colocadas em algumas camionetes que recolheram todos os mantimentos.

 

Ainda na noite da última sexta-feira (30), já houve um primeiro contato da Brigada Militar, avisando os manifestantes que teriam que deixar o local ainda neste domingo. Embora o acampamento tenha sido desmontado, ainda restaram cerca de 10 bolsonaristas enrolados em bandeiras do Brasil, posicionados na entrada do quartel.

A manifestação caxiense contra o resultado das eleições de 2022 iniciou poucas horas depois do final da eleição para presidente no último dia 30 de outubro, logo após o Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, confirmar a vitória do candidato Luiz Inácio Lula da Silva, PT.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp