Bióloga tranquiliza moradores sobre serpentes encontradas no bairro Serrano, em Caxias

Na última segunda-feira (10), moradores do bairro Serrano se assustaram ao encontrar várias cobras em uma residência localizada na Rua…

Publicado por
17:03 - 12/08/2020

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação

Na última segunda-feira (10), moradores do bairro Serrano se assustaram ao encontrar várias cobras em uma residência localizada na Rua Otávio Bernardes. Cerca de dez animais foram encontrados e mortos no interior da residência.

A apreensão após o encontro das serpentes chamou a atenção da bióloga, Agnes Pozenato, 30 anos, que tranquiliza os moradores da região Norte da cidade, informando que a espécie encontrada foi confundida com uma cobra jararaca, mas na verdade não é venenosa e não oferece risco a população.

“Pelo padrão de cor e de desenhos no corpo das serpentes é possível ver que são da espécie Tomodon dorsatus. Comumente conhecidas como papa-lesma. Elas não possuem peçonha ativa para seres humanos e não costumam ser agressivas”, explica.

Esta é a espécie de cobra conhecida como jararacas (Bothrops jararaca). Foto: Reprodução

Para evitar que outras cobras sejam mortas ou confundidas como animais peçonhentos, a bióloga informa a maneira de diferenciar uma espécia da outra. Uma jararaca possui desenho formado por escamas marrons escuras margeado por escamas claras de cor creme. “Esse padrão de cor em forma de A ou V invertido ao longo de todo o corpo”, informa.

Ainda de acordo com a bióloga, uma outra forma de identificar as jararacas, é que elas possuem um orifício entre o olho e o nariz chamado fosseta loreal. Serpentes não venenosas não possuem exceto a coral verdadeira que é peçonhenta e não possui fosseta.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp