Bento Gonçalves garante mais de 500 doações de sangue ao Hemocs em 2022

Bento Gonçalves garantiu em 2022, 549 doações de sangue ao Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs). O número é…

Publicado por
14:06 - 16/01/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Bento Gonçalves garante mais de 500 doações de sangue ao Hemocs em 2022

Foto: Alexandre Brusa

Bento Gonçalves garantiu em 2022, 549 doações de sangue ao Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs). O número é a soma dos doadores encaminhados pelo Hospital Tacchini e as coletas realizadas nas quadro edições do Dia D realizadas durante o ano.

A partir do agendamento realizado pelo Centro Transfusional de hospital de Bento Gonçalves, 179 doações de forma voluntária foram realizadas diretamente na sede do Hemocs. O número foi alavancado a partir da mobilização de grupos formados por agentes das forças de segurança do município. Dentre eles, os bombeiros, Polícia Civil, 6º BCom, Polícia Militar e DMT. Além dos voluntários, outros 78 doadores declararam estar repondo o estoque utilizado por algum paciente internado no hospital.

Entretanto, a maior parte das doações foram realizadas durante os eventos realizados em Bento Gonçalves. Na primeira edição, realizada em 16 de março, 79 doações foram realizadas. A segunda, dia 6 de julho, foram 67 bolsas coletadas. Durante a 3ª edição, 76 pessoas conseguiram doar no dia 28 de setembro. Já na edição de Natal do Dia D, realizada no dia 21 de dezembro, foram registradas 70 doações.

As doações realizadas em Bento Gonçalves chegam a 292, representando 53,18% do total de doações do ano. O Dia D é o resultado da parceria entre o Hospital Tacchini e a Secretaria de Saúde do município. A expectativa é que neste ano, novas edições do evento sejam realizadas.

”Os resultados do Dia D falam por si. Mas para realizarmos o evento, precisamos mobilizar espaço, materiais, transporte, equipes do Tacchini, da Secretaria de Saúde, além de negociarmos agenda do Hemocs. O Hemocentro é regional e atende os pedidos de 49 municípios. Parte deles também realiza seu próprio Dia D. Mas a contribuição que os bento-gonçalvenses estão dando a cada evento é muita boa. Preenchemos as vagas em todas as edições. Só temos a agradecer”, descreve a enfermeira do Centro Transfusional do Tacchini, Ana Paula Lemos.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp