Ausências em exames sem justificativa prejudicam filas de espera, em Carlos Barbosa

Entre dezembro de 2022, cerca de 22% dos pacientes confirmaram presença em exames e não compareceram

Publicado por
15:31 - 03/02/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: pexels)

A Secretaria Municipal da Saúde de Carlos Barbosa ampliou a oferta de exames para a comunidade, por meio da compra de vários procedimentos que mantinham esperas mais longas, como Ecocardiograma Transtorácico e de Estresse, Teste Ergométrico, Polissonografia e Holter. Nesse período, também foram adquiridas cotas maiores para exames que já eram oferecidos pela Rede Pública do Município, a exemplo de Eletroneuromiografia, Densitometria Óssea, Colonoscopia, Endoscopia, Ressonância e Tomografia.

Por um lado, esta medida ajudou a diminuir as filas de pacientes que dependiam do atendimento via SUS, inclusive em outras cidades que são referências regionais. Por outro, infelizmente, a falta de comprometimento de muitos pacientes tem prejudicado o bom andamento dos trabalhos. O alto número de faltantes verificado principalmente em dezembro de 2022 e janeiro de 2023, tem preocupado e até ameaçado a continuidade da prestação do serviço em muitos casos, já que a irresponsabilidade afeta também os prestadores contratados pela Prefeitura.

No mês de dezembro de 2022, o índice de faltantes a exames encaminhados pela Rede Pública de Saúde do Município beirou os 22%. Foram, no total, 352 ausências em 1603 agendas. Em janeiro deste ano, até o momento, foram registradas ao menos 70 faltas a exames agendados.

Outro fator que também tem prejudicado a realização dos exames é a falta de preparo adequado por parte dos pacientes, sendo que as informações são anexadas junto ao encaminhamento entregue e ao retirá-lo, o paciente recebe pessoalmente todas as orientações necessárias para a realização do procedimento indicado.

A secretaria orienta os pacientes a avisarem com pelo menos 24 horas de antecedência em caso de uma eventual situação que os impeça de comparecer, assinando um termo solicitando o reagendamento ou cancelamento do exame (mesmo sabendo dos riscos e prejuízos ao tratamento proposto pelo profissional). Isso permite que a Clínica das Especialidades encaixe outro paciente a tempo em seu lugar e informe a mudança aos prestadores.

 

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp