Apreensão de pescados chega a 3,5 toneladas no Mercado Público em Porto Alegre

A ação que teve início na manhã desta quarta – feira (11) segue em Porto Alegre, até o momento cerca…

Publicado por
12:00 - 11/09/2019

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Mercadoria foi recolhida nesta manhã (Foto: Divulgação)

A ação que teve início na manhã desta quarta – feira (11) segue em Porto Alegre, até o momento cerca de 3,5 toneladas de pescados foram apreendidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Vigilância Sanitária da Capital, Secretaria Municipal da Saúde e Delegacia do Consumidor.

Um caminhão com 300 quilos de tainha sem rótulo, 200 quilos de anequim sem certificado de procedência e três toneladas de peixe fresco sem nota fiscal, o motorista e o representante da empresa responsável pela carga, a Antero Pescados, foram autuados em flagrante e presos pelo crime de vender produtos impróprios para consumo e sem procedência — cuja pena varia de dois a cinco anos de prisão.

A Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) emitiu uma nota referente a apreensão: Com relação ao ocorrido na manhã desta quarta-feira (11), na parte externa do prédio, informa que foi feita uma denúncia anônima referente ao caminhão que transportava entre o produto resfriado com destino ao Mercado, caixas contendo peixe congelado, que acabaram sendo apreendidas. O problema ocorreu com o transportador, uma vez que nenhuma  caixa para o Mercado Público era de peixe congelado, tanto que a fiscalização liberou o produto para os comerciantes”.

Mercadoria foi recolhida nesta manhã (Foto: Divulgação)

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp