Agenda Eleições 2024: MobiCaxias entrega a partidos propostas para o desenvolvimento de Caxias do Sul

Documento enfoca demandas e soluções para os próximos 20 anos em temas como atração de investimentos, educação, segurança, mobilidade, saneamento, previdência, Caso Magnabosco e ocupação da Maesa

Publicado por
09:00 - 11/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Presidente do MobiCaxias, Rodrigo Postiglioni (C), coordenou entrega do documento | Foto: Luca Roth/Grupo RSCOM

Os diretórios municipais de 21 partidos políticos receberam, na noite desta quarta-feira (10), a ‘Agenda Eleições 2024’, documento que elenca propostas para o desenvolvimento de Caxias do Sul em curto, médio e longo prazos. O encontro reuniu pré-candidatos, presidentes e representantes das siglas e lideranças municipais na Câmara de Vereadores.

O MobiCaxias (Mobilização por Caxias do Sul), que envolve 50 instituições e mais de 200 pessoas, dos mais diferentes segmentos econômicos e sociais, foi responsável pela elaboração do documento, de 92 páginas, em conjunto com a União das Associações de Bairros (UAB).

“Identificamos a Caxias que queremos para os próximos 20 anos”, definiu, na abertura dos trabalhos, o presidente do MobiCaxias, Rodrigo Postiglione.

Dentre as pautas, classificadas como prioritárias, constam:

  • Controle de despesas com o funcionalismo público, as quais ultrapassam os 50% da receita líquida do município;
  • Gestão do Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor (FAPS);
  • Busca de alternativas à indenização da família Magnabosco por meio da criação de uma comissão representativa;
  • Execução, de forma eficiente e sustentável, do Plano Diretor de Transportes e Mobilidade Urbana (PLANMOB) — estudo elaborado pela Secretaria de Trânsito e empresa URBTEC, em 2023;
  • Implementação de soluções de gestão de resíduos e conscientização para o combate à sujeira na cidade, unindo serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação adequada do lixo urbano;
  • Busca de recursos com os governos estadual e federal para atender demandas da infraestrutura de Caxias e da Serra Gaúcha.

A partir da entrega, os partidos têm um período para avaliação das sugestões e solicitações. No dia 7 de agosto, após as convenções de homologação das candidaturas, que ocorrem de 20 de julho a 5 de agosto, ocorrerá um novo encontro, no qual os candidatos à prefeitura, então definidos, serão convidados a assinarem um termo de compromisso com os tópicos sugeridos pelo MobiCaxias.

“A agenda 2020-2024 é uma continuidade para não perdermos o foco nem o alinhamento. É um plano estratégico para a nossa cidade, totalmente referenciado nas ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas)”, explicou o presidente da entidade.

Entre as siglas presentes, estiveram PP, Solidariedade, PCdoB, MDB, União Brasil, Republicanos, PRD, REDE, Podemos, Novo, Cidadania, DC, PT, PSB, PSOL, PRTB, PL, PSD, PSDB, PV e PDT.

Acesse a Agenda Eleições 2024 do MobiCaxias completa clicando aqui.

“Desinformação é informação manipulada”

Ainda durante a reunião, o chefe do cartório eleitoral caxiense, Edson Borowski, abordou as principais normas da legislação eleitoral para o pleito desse ano. Uma das maiores preocupações da Justiça Eleitoral se refere ao uso de tecnologias de Inteligência Artificial para reforçar a produção e disseminação de informações falsas, as fake news.

“Desinformação é uma informação manipulada, descontextualizada. Os candidatos e candidatas têm o dever de cuidado com o que estão publicando”, alertou.

Borowski pontuou as medidas de contenção, como a agilidade de ordem de retirada de conteúdos falsos das redes sociais e as penalidades previstas.

Entre as demais novidades estão a redução no número de candidaturas ao legislativo – no caso de Caxias do Sul de 33 para 24 (100% das vagas + 1). A cidade conta com 347 mil eleitores cadastrados para o pleito deste ano, marcado para 6 de outubro.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp