Aeroclube de Garibaldi é referência na distribuição de donativos para atingidos pelas enchentes

Em uma união de esforços entre o Aeroclube e empresários proprietários de helicópteros, os voluntários seguem entregando mantimentos às vítimas que se encontram ilhadas ou em locais de difícil acesso

Publicado por
09:23 - 21/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Márcio Schinoff

Em um trabalho realizado em uma união de esforços de voluntários, o Aeroclube de Garibaldi se tornou referência na Serra Gaúcha para distribuição e recebimento de donativos às famílias atingidas pelas enchentes no estado do Rio Grande do Sul.

Muitas cargas de alimentos, roupas, medicamentos, itens de higiene e limpeza, dentre outros, tem chegado ao município através de pilotos de todo o Brasil. Os envio de doações angariadas por entidades garibaldenses voluntárias, bem como de medicamentos, também tem recebido o suporte do espaço para envio aéreo.

Contando com uma pista de 1.200 x 30 metros, em março deste ano, a Prefeitura de Garibaldi, em um investimento de cerca de R$ 245 mil, realizou a correção de fissuras e sinalização viária horizontal no aeródromo municipal. A reparação foi solicitada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Para dar prosseguimento nas operações, nesta semana o Aeroclube de Garibaldi solicitou apoio e autorização à Administração Municipal para realizar outras melhorias no local. Levando-se em consideração a situação de emergência, o pedido foi autorizado pelo Poder Público.

COMO AJUDAR
Em uma união de esforços entre o Aeroclube de Garibaldi e empresários proprietários de helicópteros, os voluntários seguem entregando mantimentos às vítimas que se encontram ilhadas e/ou em locais de difícil acesso. Dessa forma, estão arrecadando doações através da chave-pix CNPJ do Aeroclube: 87.858.973/0001-44. Esse valor será revertido na compra de combustível e alimentação que faltam para a confecção dos kits de sobrevivência e cesta Básica.   

LEIA MAIS 
Município de Garibaldi cria grupo ‘Avanti Turismo’ para adotar medidas pós-enchentes

 

 

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp