Acusados de tentar matar policiais são condenados a 21 e 22 anos de prisão em Farroupilha

Os dois réus que foram julgados na tarde da quinta-feira (26) na Comarca de Farroupilha receberam as suas sentenças do…

Publicado por
13:38 - 27/08/2021

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Arquivo/Leouve

Os dois réus que foram julgados na tarde da quinta-feira (26) na Comarca de Farroupilha receberam as suas sentenças do júri popular. Delucas Silva Vargas, de 27 anos e Mateus Olivino Gobeti, de 26 anos, foram condenados a 22 anos e a 21 anos, respectivamente de prisão em regime fechado, por tentativa de homicídio contra policiais militares.

O caso ocorreu em 26 de outubro de 2016 na localidade de Linha Alencastro, quando eles teriam entrado em confronto e disparado contra os policiais antes de serem presos.

No caso de Vargas, que respondia ao crime em liberdade, foi decretada a sua prisão imediata e o encaminhamento para a Penitenciária Regional de Caxias do Sul, na localidade do Apanhador. Já Goberti, foi reconduzido ao Presídio de Soledade, onde já cumpria pena.

A defesa confirmou que vai recorrer da decisão por entender que a pena foi exagerada nos dois casos. O prazo de apelação é de cinco dias.

O júri foi conduzido pelo juiz Enzo Carlo Di Gesu, tendo na acusação o promotor Ronaldo Lara Resende e na defesa o advogado Elton Soares.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp