Abrigo de animais é comprometido após fortes chuvas e ONGs pedem ajuda, em Caxias do Sul

Alimentos e itens básicos para sobrevivência de cães e gatos foram perdidos com os alagamentos. Saiba como ajudar

Publicado por
23:16 - 01/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Getty Images/iStockphoto)

A situação no abrigo de animais localizado na Rota do Sol, em Caxias do Sul, tornou-se crítica devido às intensas chuvas que assolam a região. Com mais de 80 animais sob seus cuidados,Instituto Patinhas enfrenta grandes desafios para garantir a segurança e o bem-estar dos seus residentes. Além disso, houve perca de muitos itens, incluindo alimentos específicos para cães e gatos. Essa também é uma realidade de outras ONGs na cidade que também apelam para a ajuda da população.

As chuvas torrenciais resultaram em danos significativos às instalações do abrigo. Telhados desabaram, estoques de ração foram perdidos, estufas foram comprometidas e até mesmo o gatil novo foi inundado, deixando os voluntários desolados. A urgência em realocar os animais para áreas seguras é uma prioridade imediata.

Diante desse cenário de emergência, a comunidade é convocada a oferecer seu apoio de maneira urgente. As necessidades mais prementes incluem doações de ração para cães e gatos, bem como areia para a higiene dos felinos. Esses itens podem ser entregues nos pontos de coleta designados ou solicitados diretamente à empresa @td.em.racoes, que se compromete a realizar as entregas.

Além disso, o abrigo clama por doações de cobertores usados, lonas e papelão, essenciais para manter os animais idosos e paraplégicos aquecidos e confortáveis diante das adversidades causadas pelas chuvas.

Para aqueles que desejam contribuir de outras formas, qualquer valor, por menor que seja, é crucial neste momento crítico. Seja uma doação de R$ 5,00 ou R$ 10,00, cada gesto de solidariedade faz a diferença.

Para facilitar as contribuições financeiras, o abrigo disponibiliza a opção de PIX utilizando o CNPJ: 43563779000166.

Diante da atual situação de emergência, a solidariedade e o apoio da comunidade são fundamentais para garantir que o abrigo de animais na Rota do Sol possa superar esse desafio e continuar oferecendo cuidados aos seus residentes de quatro patas.

Protetores pedem que população levem animais consigo para abrigos

Com os riscos de alagamentos e enchentes em diversas áreas do Rio Grande do Sul, as ONGs e protetores de animais pedem à população para que soltem os animais presos em correntes. Em momentos como este, é fundamental lembrar que, acima de qualquer objeto material, as vidas, sejam elas de pessoas ou de animais, devem ser prioridade absoluta.

Infelizmente, durante o trabalho de resgate e auxílio no pós-enchente no Vale do Taquari – em 2023 – foram testemunhadas cenas angustiantes relacionadas à prática de deixar animais presos em correntes.

Portanto, os protetores apelam a todos os proprietários de animais para que não coloquem em risco a vida de seus companheiros de quatro patas. Em situações de emergência como essa, levar o animal consigo para os abrigos. Esses locais estão preparados para receber e cuidar tanto de pessoas quanto de seus animais de estimação.

Foto: Pexels/Koen Swiers

ONGs

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp