19 km de redes de esgoto serão implantados no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul

Investimento da autarquia será no valor de R$ 8.240.417,28

Publicado por
18:23 - 23/03/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação

Foto: Laura Piola

Nesta terça-feira (22), o prefeito de Caxias do Sul, Adiló Didomenico, juntamente com o diretor-presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Gilberto Meletti, assinaram, no Salão Nobre do Centro Administrativo, a ordem de início para implantação de redes coletoras de esgoto sanitário do tipo separador absoluto no bairro São Pelegrino. Serão executadas extensões de 18.746 metros de tubos de PVC de 150 mm em um investimento da autarquia no valor de R$ 8.240.417,28. A obra faz parte do planejamento de ampliação das redes coletoras do tipo absoluto e seu principal objetivo é a conservação dos recursos naturais da região com a coleta dos efluentes gerados no Bairro São Pelegrino, direcionando-os para tratamento na ETE Tega.

De acordo com Meletti, o trabalho é importante para a separação especificamente do esgoto, o que acabará evitando a poluição nos rios caxienses. “É um sistema que nós estamos fazendo, separando o esgoto sanitário do esgoto pluvial, que hoje sai e mistura, e, após vai para a estação de tratamento. Tem a separação para evitar que vá toda a drenagem também para a estação de tratamento. É importante nós fazermos o tratamento somente do esgoto. Isso faz com que tenhamos uma forma direta e indireta na conservação dos nossos recursos naturais. A água vai para a estação de tratamento e volta tratada para evitar poluição nos nossos rios e arroios“, destacou Gilberto.

O diretor-presidente do Samae também ressaltou que Caxias do Sul tem até o ano de 2033 para fazer 90% do esgoto ser tratado. “Então é importante fazermos a implantação dessas redes e é uma das maiores da bacia, sendo 19 quilômetros. Estamos também no bairro Petrópolis com aproximadamente 9 ou 10 quilômetros e temos também no Jardim Itália entre 4 a 5 quilômetros. Estamos trabalhando fortemente nestes projetos para que a gente possa atender nossa cidade, que é o desejo de se fazer, juntamente com isto, teremos que fazer novas estações. Hoje temos 10. Temos que fazer mais 8 para atender todo o município” disse Meletti.

A obra tem previsão para ser iniciada em abril e o prazo para conclusão dos serviços é de 540 dias (18 meses).

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp