Mulher assassinada pelo ex-companheiro é velada no bairro Serrano, em Caxias do Sul

Renata Menezes Marques foi morta com 17 facadas. Ela possuía medida protetiva contra o assassino confesso

Publicado por
17:34 - 05/04/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Reprodução)

Assassinada pelo ex-marido quando ia para o trabalho, Renata Menezes Marques, 34 anos, é velada na Igreja Quadrangular na rua Francisco Cipriani, no bairro Serrano, em Caxias do Sul. O sepultamento está marcado para às 10h30min desta quinta-feira (6) no Cemitério Santos Anjos.

O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (5). O suspeito reconhecido por testemunhas é o ex-companheiro da mulher. Inclusive, Renata possuía medida protetiva de urgência contra ele. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso em flagrante pelo 4º Batalhão de Polícia de Choque no bairro Esplanada. Ele foi capturado com as mesmas roupas que vestia no momento do feminicídio.

Conforme a Brigada Militar (BM), Renata estava indo pegar o ônibus da empresa em que trabalha quando foi atacada pelo homem. O ataque aconteceu às 6h50, na Rua Tauribio Alexandre Vieira, próximo ao cruzamento com a Armindo Luiz Rech. Renata foi morta com 17 facadas.

Renata estava em processo de separação do ex-companheiro. Eles haviam discutido na noite anterior em razão da guarda da filha de 4 anos.

Diante das suspeitas sobre o homem, contra o qual Renata já havia registrado diversos ocorrências de ameaças, o 4º Batalhão de Polícia de Choque foi até a rua Luiz Mautauro, no bairro Esplanada, e efetuou a prisão em flagrante. Na Polícia Civil, o homem de 28 anos confessou o feminicídio.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp