Ocorreu na noite de quarta-feira, 14 a cerimônia de premiação do Prêmio Salão Design 2018, que este ano comemora os 30 anos de sua primeira edição. Os produtos eleitos como "superprêmios" da edição  foram concebidos pelos estúdios André Ferri, de Belo Horizonte; Enbruto, de Cordoba; e Studio Zanini, do Rio de Janeiro. Além deles, foram entregues os prêmios de primeiro, segundo e terceiro lugares nas modalidades Estudante, Profissional e Indústria/Varejo. Pluralidade nas tipologias de produtos, com peças para usos múltiplos e aplicações diversas dentro do ambiente resumem a tônica do concurso. Os premiados foram projetos de mobiliário e complementos do Brasil, Argentina e Uruguai – de tradicionais poltronas até talheres e varandas portáteis. A comissão julgadora dessa edição foi composta pelos designers Brunno Jahara, Bruno Faucz, Letícia Grisa, Nicole Tomazi e o alemão Salvatore Figliuzzi. Criado em 1988 pelo Sindmóveis Bento Gonçalves, o Prêmio Salão Design merece capítulo à parte quando se fala sobre a história do design de móveis no Brasil e na América Latina. O evento é uma atração paralela da feira Movelsul Brasil e nasceu justamente para impulsionar a indústria moveleira a investir no design como ferramenta de diferenciação por inovação. A semente plantada no polo moveleiro de Bento Gonçalves ganhou o país e, depois, os vizinhos latino-americanos e as fronteiras do mundo. Até hoje, já foram 14.213 projetos inscritos. No seu pronunciamento durante a cerimônia, o diretor do Prêmio Salão Design, Eduardo Nuncio, exaltou a trajetória dessas três décadas e a importância da iniciativa no fortalecimento do design latino-americano: "Nós somos o Prêmio Salão Design, somos forma, função, processos, emoção. Somos o próprio design e as 15 mil histórias dos 15 mil projetos que escreveram essa história. Nesses 30 anos, tanta coisa mudou, mas nunca o nosso propósito de ecoar novos talentos, de aproximar o designer da indústria e de premiar boas ideias”, salienta. Após a mostra na Movelsul Brasil 2018, o Prêmio Salão Design terá mais uma exposição, em agosto, durante o DW! São Paulo Design Weekend, na feira High Design – Home & Office Expo. O patrocínio ao prêmio é de Berneck e Interprint.   Os premiados Superprêmios: 1º lugar - Luminária Costureira, design de André Ferri (Belo Horizonte/MG) Luminária feita artesanalmente em marcenaria, pode ter seu tubo girado em 360º, controlando a luminosidade. 2º lugar - Biblioteca Latorna, design de Marcela Coppari e Agustín Barrionuevo (Cordoba/Argentina) Sistema aberto que pode se adaptar em configurações diversas. São apenas dois elementos: colunas e prateleiras. 3º lugar - Linha Zina, design de Zanini de Zanine, Studio Zanini (Rio de Janeiro/RJ) Linha inspirada em móveis de ferro brasileiros dos anos 1950, reunindo um mix de materiais contrastantes como o aço carbono, tecido e madeira maciça. Estudantes: 1º lugar - Coleção Diagonal, design de Gabriel Paim Barberio (Universidade de Caxias do Sul/Caxias do Sul RS) 2º lugar - Poltrona Flor, design de Artur de Menezes Fernandes (Universidade Norte do Paraná/Londrina PR) 3º lugar - Mesa Quebrada, design de Agustín dos Santos Farias (Escuela Universitaria Centro de Diseño/Montevidéu) e Prêmio Professor Orientador para Gabriel Deber Profissionais: 1º lugar - Poltrona Lina, design de Leo e Fernanda Mangiavacchi, Fantástico Studio di Design (Rio de Janeiro/RJ) 2º lugar - HUM, design de Federico Mujica Iturria e Carolina Arias Bianchi, Muar Diseño (Montevidéu/UY) 3º lugar - Varanda, design de Menini Nicola e Bernardo Senna (Montevidéu/UY) Indústrias: 1º lugar - O2 talheres, Alma Design d’Auteur (Curitiba/PR) com design de José Manuel Carvalho Araújo 2º lugar - Mini Nadda, Iluminar (Belo Horizonte/MG) com design de Francisco Esteban Terroba 3º lugar - Mesa Falésia, Lider Interiores (Carmo do Cajuru/MG) com design de Amélia Tarozzo, Camila Fix, Flávia Pagotti Silva e Rejane Carvalho Leite – Plataforma 4 Prêmio Madeiras Alternativas Penteadeira Nena, design de Mariana Beting Ferrarezi e Roberto Hercowitz, Em2 Design (Rio de Janeiro/RJ) Menções HonrosasCastiçal Veleiro, design de Giuliano Perretto e Max Kampa, Ventura Lab (Curitiba/PR) -F.LY, design de Andrea Bezerra de Carvalho Macruz, Nolii (São Paulo/SP -Hoop Lamp, design de Daniel Simonini e Niccolo Adolini, Adolini+Simonini para Martinelli Luce (São Paulo/SP)