Após decisão do TSE em efetivar cassação, ex-prefeito de Garibaldi, Alex Carniel, emite nota

Na noite da última terça-feira (26), foi oficializada a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em manter a cassação de…

Publicado por
07:57 - 27/04/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Alex Carniel)

Na noite da última terça-feira (26), foi oficializada a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em manter a cassação de Alex Carniel e Sérgio Chesini, prefeito e vice de Garibaldi. Estes foram eleitos em 2020, porém, no dia 23 de novembro do último ano, ambos foram cassados. Agora, em Brasília, os magistrados vislumbraram crimes eleitorais durante o período de campanha política.

A situação então mantém Chesini como prefeito após este vencer as eleições suplementares no início do mês.

Após o julgamento do TSE, o ex-prefeito Alex Carniel publicou em seu perfil no Facebook uma nota referente a situação. Segundo ele, o que fora decido pelo tribunal demonstra “uma visão equivocada dos fatos por parte de uma Justiça cada vez mais distante da realidade e dos anseios da comunidade”. No pleito de 2020, a chapa Carniel e Chesini foi eleita com cerca de 10.600 votos. Confira abaixo a nota na íntegra.

COMUNICADO
A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta terça-feira (26) demonstra uma visão equivocada dos fatos por parte de uma Justiça cada vez mais distante da realidade e dos anseios da comunidade. Foi negado o provimento aos recursos eleitorais especiais que buscavam reverter a cassação de meu mandato, conquistado de forma democrática e com o apoio de 10.681 mil eleitores de Garibaldi.
Respeito as instituições e seguirei de cabeça erguida a minha caminhada. Tenho convicção dos propósitos honrados que sempre me nortearam e reforço meu amor pela comunidade garibaldense.
Continuarei sempre próximo e auxiliando no que for possível, ao lado do Sérgio Chesini e do Valério Mayer, em sinal de respeito à população — que, duas vezes, através do voto, escolheu o nosso projeto, confiando na nossa integridade e na nossa visão de gestão.
Agradeço muito o apoio e o carinho das pessoas nos momentos mais desafiadores. A vida segue, porque Garibaldi não pode parar.”

Acusação e defesa perante o TSE

O advogado José Eduardo Alckimin, representante de Carniel, afirmou em tribuna que, baseado na soberania popular, a cassação da chapa pareceu ser demasiada. Ainda, argumentou que nos autos do processo, não houve comprovação de abuso de poder econômico, uma vez que gastos com a aquisição de veículos não foram efetivados durante a campanha política. Esse era um dos principais pontos da acusação, que afirmava que veículos haviam sido adquiridos pela chapa eleita e que as movimentações não teriam sido declaradas na prestação de contas da campanha.

Por outro lado, o advogado Ricardo de Oliveira, argumentou que os fatos de tentativa de espionagem e do abuso de poder econômico ocorreram. Afirmou ainda que um veículo foi adquirido e que a compra foi descaracterizada. O valor utilizado na compra do automóvel equivale a 90% do valor gasto na campanha. Também foram efetivados gastos ilícitos para o pagamento de investigadores particulares. Segundo a acusação, escutas telefônicas foram instaladas, com a anuência do então candidato Alex Carniel, prejudicando assim a agremiação política opositora no pleito de 2020.

Saiba mais sobre o caso em: De forma unânime, TSE efetiva a cassação do mandato do prefeito de Garibaldi, Alex Carniel

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp