Zelensky faz apelo ao Ocidente por apoio militar e pede novas sanções à Rússia

Em vídeo, presidente da Ucrânia pediu a criação de uma zona humanitária aérea no país e pediu para que a Otan envie, pelo menos, materiais antiaéreos para que o país possa se defender

Publicado por
11:04 - 07/03/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto STEFANIE LOOS / POOL / AFP / Reprodução)

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, fez um novo apelo ao Ocidente, subindo o tom com o seus aliados e exigindo proteção contra a ofensiva da Rússia. Em um novo vídeo publicado nesta segunda-feira, 7, Zelensky disse que está esperando a decisão dos países do Ocidente em ajudar e questionou: “De quantos mortos vocês precisam para colocar nossos céus em segurança?”. Além disso, Zelensky pediu novas sanções contra o governo de Vladimir Putin. “Vocês podem chamar de embargo ou tratar como uma coisa moral a se fazer quando se nega a dar dinheiro a terroristas”, afirmou o mandatário ucraniano. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) se recusou a estabelecer uma zona de exclusão aérea na Ucrânia, o que poderia levar a aliança para uma guerra direta com a Rússia. Entretanto, os Estados Unidos reconhecem que existem negociações para que caças militares da Polônia sejam fornecidos para as forças ucranianas em Kiev. A Rússia afirma que “praticamente todas as forças aéreas” da Ucrânia já foram destruídas, o que fez com que Kiev pressionasse a Otan. “Vocês podem chamar de embargo ou tratar como uma coisa moral a se fazer quando se nega a dar dinheiro a terroristas”, disse Zelensky no domingo.

Fonte : Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp