Naufrágio em Moçambique deixa mais de 90 mortos, incluindo muitas crianças

Navio transportava cerca de 130 pessoas e teve problemas ao tentar chegar à ilha de Moçambique

Publicado por
19:05 - 07/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Moçambique

Imagem meramente ilustrativa | Foto: Divulgação

Mais de 90 pessoas morreram nas costas do norte de Moçambique devido ao naufrágio de um barco de pesca utilizado como balsa e que navegava superlotado de passageiros, informaram as autoridades locais neste domingo. O navio transportava cerca de 130 pessoas e teve problemas ao tentar chegar à ilha de Moçambique, na província de Nampula.

‘Devido ao fato de o barco estar superlotado e não ser adequado para o transporte de passageiros, acabou afundando […] 91 pessoas perderam a vida’, informou Jaime Neto, secretário de Estado de Nampula.

Entre os mortos, há muitas crianças, acrescentou o funcionário. Até o momento, os socorristas encontraram cinco sobreviventes e as buscas continuam, mas as condições do mar dificultam a operação.

A maioria dos passageiros viajou para a ilha devido ao pânico causado pela desinformação sobre um surto de cólera, disse Neto. Este país do sul da África, um dos mais pobres do mundo, registrou cerca de 15 mil casos e 32 mortes desde outubro devido a esta doença, que é transmitida ao consumir alimentos ou água contaminados.

Nampula é uma das áreas mais afetadas e registrou um terço dos casos. As autoridades informaram que uma equipe de investigadores está trabalhando para determinar as causas do naufrágio.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp