Brasileiros são presos por tráfico de drogas na Tailândia; crime pode levar à pena de morte

Trio foi preso na semana passada e estava transportando 15,5 kg de cocaína

Publicado por
13:37 - 21/02/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Reprodução/Google Street View

Três brasileiros foram presos pela Unidade de Supressão de Narcóticos do Aeroporto de Suvarnabhumi, em Bangkok, capital da Tailândia, acusada de tráfico de drogas. A prisão aconteceu no dia 14 de fevereiro e foram apreendidos 15,5 quilos de cocaína, avaliados em 46,5 milhões de baht (moeda da Tailândia), o que equivale a aproximadamente R$ 7,5 milhões.

Segundo veículos de imprensa tailandeses, os primeiros brasileiros a serem detidos foram uma mulher de 22 anos e um homem de 27, que saíram de Curitiba e fizeram escala em São Paulo e Doha, capital do Catar, antes de entrar na Tailândia. Com eles, foram encontrados 9 kg de cocaína. Em outro momento, um segundo homem, que tem 24 anos, também foi abordado e a polícia encontrou 6,5 kg da droga.

Em nota, o Itamaraty afirmou que, através da embaixada em Bangkok, está acompanhando a situação e prestando a assistência possível, seguindo tratados internacionais e a legislação local. “O Itamaraty, por meio da Embaixada em Bangkok, acompanha a situação e presta toda a assistência cabível aos nacionais, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local. Em observância ao direito à privacidade e ao disposto na Lei de Acesso à Informação e no decreto 7.724/2012, informações detalhadas poderão ser repassadas somente mediante autorização dos envolvidos. Assim, o MRE não poderá fornecer dados específicos sobre casos individuais de assistência a cidadãos brasileiros”, disse o Itamaraty.

Na Tailândia, o tráfico de drogas pode ser punido com a pena de morte, dependendo da quantidade de droga envolvida e das circunstâncias nas quais o episódio aconteceu.

*Informações: Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp