Schumacher luta pela vida

Pela primeira vez desde o acidente de esqui sofrido no período da manhã, uma fonte oficial falou sobre o estado…

Publicado por
22:49 - 29/12/2013

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Pela primeira vez desde o acidente de esqui sofrido no período da manhã, uma fonte oficial falou sobre o estado de saúde de Michael Schumacher. A assessoria de imprensa do ex-piloto divulgou comunicado e revelou que a lenda da Fórmula 1 está em coma no hospital de Grenoble após passar por cirurgia neurológica.


A assessoria Sabina Kehm havia prometido repassar aos jornalistas algumas informações sobre Schumi após a entrevista coletiva que seria concedida pelos médicos franceses ser cancelada. Kehm afirmou que o heptacampeão mundial já foi operado e que agora “está lutando pela vida” depois de bater a cabeça em uma pedra enquanto esquiava na estação de Méribel.


Diretor do hospital, Jean-Marc Grenier também se pronunciou, ao lado da família de Schumacher: "Ele deu entrada no hospital às 12h40 (de Paris), após sofrer um acidente de esqui em Méribel no final da manhã. Ele sofreu uma séria lesão na cabeça e está em coma, e foi submetido a uma intervenção neurolíogica urgente. Ele segue em situação crítica".


Como não estava sozinho, Schumacher foi rapidamente levado a um pequeno hospital em Moutiers e depois ao Centro Hospitalar Universitário de Grénoble. A princípio, a imprensa francesa falava em ferimento grava, mas sem riscos para o alemão. Com o passar das horas, o estado de saúde do astro se agravou devido a uma hemorragia cerebral.


O médico Gérard Saillant também se juntou aos profissionais de Grenoble no tratamento de Schumacher horas depois do acidente. Saillant é respeitado na medicina esportiva e, inclusive, já operou a perna de Schumacher em 1999. O piloto Olivier Panis tentou visitar o amigo no hospital, mas foi impedido de entrar e prometeu retornar nesta segunda-feira. A polícia francesa, segundo a direção da estação de Méribel, já estaria preparando inquérito para investigar as causas do acidente do ex-piloto, acostumado a esquiar em alta velocidade.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp