Morte de bebê: perícia revela sangue no local

Na última segunda-feira, 20 agentes da DP/Farroupilha, sob coordenação do Delegado de Polícia Thiago Vicentini de Oliveira, cumpriram mandado de…

Publicado por
13:02 - 25/01/2014

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

"Delegado

Na última segunda-feira, 20 agentes da DP/Farroupilha, sob coordenação do Delegado de Polícia Thiago Vicentini de Oliveira, cumpriram mandado de busca e apreensão na casa onde morava Elieser Do Canto, o qual foi morto no final de dezembro do ano passado, por traumatismo craniano.

Encontravam-se na diligência equipe do DC/IGP de Caxias do Sul, a qual realizou teste de luminol na casa, tendo o resultado sido positivo.

Parte do material que reagiu ao luminol provavelmente seja sangue humano. Outros objetos foram apreendidos e encaminhado à perícia a fim de constatar definitivamente a presença de sangue.

Ainda esta semana, o pai da criança, principal suspeito, que encontra-se recolhido na Penitenciária Modulada de Osório em razão de prisão temporária sobre este fato, foi ouvido.

Em depoimento, Everaldo Almeida Do Canto negou as acusações que lhe foram feitas, porém, não indicou o motivo pelo qual o bebê foi encontrado naquelas condições.

O suspeito afirmou com absoluta certeza que quem praticou o fato também não foi sua filha de seis anos que se encontrava no momento do fato, apesar de indicar que apenas os três (ele, a filha de seis anos e Eliezer) encontravam-se no local. 

O investigado contrariou-se em seu depoimento, em vários outros aspectos, com outras provas já coletadas.
 
Conforme o Delegado Thiago, a investigação deve continuar nos próximo dias, a fim de apurar possível participação da genitora da vítima nos fatos.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp