Alceu anuncia tombamento da Maesa em Caxias

Governador Tarso Genro esteve em Caxias na quinta para assinar doação da área da Maesa para o Município    …

Publicado por
12:43 - 04/07/2014

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Governador Tarso Genro esteve em Caxias na quinta para assinar doação da área da Maesa para o Município

 

"Tarso

 

O Prefeito Alceu Barbosa Velho anunciou na tarde de quinta-feira (03.07) que dará início ao processo de tombamento do Complexo da Metalúrgica Abramo Eberle S/A (MAESA). O anúncio ocorreu durante o ato de assinatura do Projeto de Lei Estadual que propõe a transferência da MAESA ao Município. A solenidade ocorreu no próprio Complexo, com a presença do Governador do Estado, Tarso Genro, deputados, vereadores, secretários e comunidade. De acordo com o Prefeito Alceu, o processo de tombamento será iniciado assim que estiverem concluídos os trâmites administrativos da transferência da MAESA ao Município.


De acordo com o teor do projeto, o Estado vai transferir o complexo formado por três imóveis para posse do município. A assinatura, porém, é apenas o primeiro passo num longo caminho até que os imóveis pertençam, de fato, à cidade. Após ser protocolada na Assembleia Legislativa, a proposta deverá tramitar por comissões, entre elas a de Constituição e Justiça (CCJ), recebendo emendas ou supressões pelos parlamentares. Conforme o governador, o que mais influenciou na decisão foi a união de esforços de todos os setores da comunidade.

 

Em função da complexidade da tramitação, não há previsão de quando o projeto de lei será sancionado pelo governador. A bancada gaúcha, formada pelos deputados Maria Helena Sartori (PMDB), Marisa Formolo (PT) e Vinícius Ribeiro (PDT), todos candidatos a reeleição, prometem trabalhar para mobilizar líderes de bancada e acelerarem a aprovação do PL.

 

O complexo histórico possui ao todo mais de cinco hectares (53 mil metros quadrados). A partir de agora o município deve trabalhar na criação de alternativas para a utilização do local. Especula-se a instalação de um mercado público ou até mesmo de um Complexo Cultural/gastronômico como propõe alguns vereadores.

 

"Ex-funcionáriosA negociação sobre a saída do Grupo Voges do complexo passará a ser gerenciada pela própria prefetura assim que a doação for concluída. Cerca de 70 ex-funcionários da empresa protestaram na tarde de quinta-feira (03) em frente ao complexo da Maesa. Aproveitando a ida do governador Tarso Genro (PT) ao local, e consequentemente a presença de diversas autoridades e representantes do poder público, o grupo reivindicou por direitos trabalhistas, que segundo informam, não vêm sendo pagos após a rescisão. Um dos ex-funcionários, Vaterson Bittencourt reclama da falta de compromisso do proprietário, Osvaldo Voges. Ele ainda explica que o Sindicato não dispõe de um representante da empresa e direciona os ex-funcionários ao advogado da própria entidade.

 

No último mês o Grupo Voges demitiu mais de 400 pessoas.

 

Ouça audio com Tarso genro.

 

{audio}images/arquivos/audios/rogerio.costanza/confira audio com tarso genro 0407.mp3{/audio} 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp