VÍDEO: Homem ateia fogo em si mesmo em frente a tribunal onde ocorre julgamento de Trump

Maxwell Azzarello, de St. Augustine, Flórida, alegou “chamar a atenção para uma descoberta urgente e importante: somos vítimas de um golpe totalitário”

Publicado por
20:29 - 19/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Reprodução/CNN)

Um homem ateou fogo em si mesmo do lado de fora do tribunal em Nova York, nos Estados Unidos, onde ocorre o julgamento do ex-presidente Donald Trump, confirmaram duas fontes policiais nesta sexta-feira (19).

Segundo relatos de uma autoridade das forças de segurança, o homem entrou no parque do outro lado da rua do tribunal, distribuindo panfletos, antes de retirar algo de uma mochila e se incendiar.

Os investigadores estão examinando os panfletos, que, conforme jornalistas no local, continham acusações de irregularidades contra a Universidade de Nova York (NYU) e referências a “bilionários do mal”, sem menções a Trump.

Testemunhas relatam que o homem primeiro espalhou os panfletos e depois se encharcou com um líquido inflamável, ateando fogo em si mesmo.

Trump estava no tribunal no momento do incidente, onde a segurança foi reforçada devido à sua presença. A polícia de Nova York planeja uma coletiva de imprensa.

“Este ato extremo de protesto visa chamar a atenção para uma descoberta urgente e importante: somos vítimas de um golpe totalitário”. Essas foram as palavras que Maxwell Azzarello, de St. Augustine, Flórida, disse em suas redes sociais. O homem, que colocou fogo contra si mesmo, cantou em um vídeo publicado nas redes sociais, Azzarello canta dentro de um carro “Iniciando uma p****a de uma revolução” repetidamente e encerra com “Você não tem nada a perder”.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp