Hospitais e outras instituições que complementam o SUS na região receberão recursos do Ministério da Saúde

Órgão garantiu repasse de R$ 209 milhões para 228 municípios do Rio Grande do Sul

Publicado por
16:03 - 09/02/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Bruno Zulian)

O Ministério da Saúde garantiu nesta quinta-feira (9) o repasse de R$ 209 milhões para 347 Santas Casas e instituições privadas sem fins lucrativos que complementam o Sistema Único de Saúde. Entre elas, diversos representantes das cidades da Serra Gaúcha. 

Os recursos servirão para garantir a sustentabilidade econômico-financeira das instituições e a manutenção dos atendimentos. A verba não representa, contudo, solução de continuidade dos trabalhos.

Nesse sentido, em Caxias do Sul, por exemplo, serão contemplados o Hospital Geral, o centro clínico, o centro de fisioterapia e o laboratório de microbiologia da UCS, o Hospital Pompeia, o Hospital Virvi Ramos, o Hospital do Círculo, a Radiologia do Círculo e a Associação Educacional Helen Keller.

Em Bento Gonçalves, o recurso abrangerá o Hospital Tacchini e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Na vizinha Garibaldi, serão contemplados o Hospital São Pedro e a APAE. Já em Farroupilha, o Ministério da Saúde injetará verba para o Hospital São Carlos e para o Centro Municipal de Fisioterapia.

Outros espaços da região receberão recursos, tal como oHospital São João Batista, de Nova Prata, o Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi, em Veranópolis, o Hospital São Roque, de Carlos Barbosa, o Hospital Fátima, em Flores da Cunha, e o Hospital São Francisco de Paula, na cidade de mesmo nome. 

Clique aqui para conferir a relação completa de municípios, hospitais e instituições contemplados e consequentemente os valores repassados a cada um deles.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp