Mutirão em mata nativa de Caxias do Sul retirou mais de 10 toneladas de lixo descartado irregularmente

Na manhã deste sábado (08), foi realizado um mutirão de limpeza de lixo descartados irregularmente em terreno de mata nativa…

Publicado por
19:30 - 08/10/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Mutirão em mata nativa de Caxias do Sul retirou mais de 10 toneladas de lixo descartado irregularmente

Foto: Rodrigo Rossi / Divulgação

Na manhã deste sábado (08), foi realizado um mutirão de limpeza de lixo descartados irregularmente em terreno de mata nativa na região do Bairro Bom Pastor em Caxias do Sul.

As equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e moradores do bairro recolheram mais de 10 toneladas de material que poderiam ser reciclados e estevam descartados irregularmente no local que fica na rua Irmo Edo Kayser. Dentre os materiais, portas de móveis, cadeiras, vasilhas, potes de produtos alimentícios, material têxtil, brinquedos, calçados e televisores.

Segundo a presidente da Associação de Moradores do Bairro Bom Pastor, Marinês Pegoraro, os moradores tentam limpar área com frequência, mas não estão conseguindo dar conta pelo grande volume de lixo que vem sido deixado no local. “Aqui já foi um espaço limpo e muito utilizado pelos moradores para o lazer e de passagem para acesso à Rua João Da Ross. Infelizmente os próprios moradores não estão cuidando do local e depois não adianta cobrar do poder público se a gente não faz a nossa parte. Depois que o lixo entope os bueiros não adianta falar que é culpa da prefeitura”, disse a presidente do bairro.

A vice-prefeita Paula Ioris, que participou do mutirão de limpeza salientou que o lixo descartado aqui poderia ter sido colocado no lixo comum, que é recolhido pela Codeca e ter sido destinado para recicladoras e não ter feito do local um aterro sanitário. “Temos mais de 19 mil lixões clandestinos em Caxias do Sul, se a população não se conscientizar do descarte correto não teremos como dar conta desta poluição ambiental que poderia estar salvando a vida de famílias de recicladores”, disse a vice-prefeita.

A família de moradores Edson, Lucinéia e Betina Nepomoceno, participaram da ação e comentaram que o local nunca teve tanto lixo irregular como nos últimos tempos. “Frequentamos aqui desde pequenos, me criei brincando nesse mato, fico triste com os moradores que não tem a consciência do descarte correto dos resíduos. Hoje me sinto feliz em poder ajudar no mutirão e espero que não precise novamente desta ação”, comentou Edson acompanhado da esposa e da filha de cinco anos.

Uma parte do material recolhido foi destinado para a cooperativa de reciclagem Paz e Bem, de Caxias do Sul, que irá limpar os descartes e utilizar na venda do material que sustenta inúmeras famílias.

*Fonte Prefeitura

Fotos: Rodrigo Rossi / Divulgação

Foto: Rodrigo Rossi / Divulgação

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp