Em visita a Caxias do Sul, Ministro da Cidadania anuncia retorno do programa Alimenta Brasil

Leia mais 27ª edição da Feira Maesa Cultural acontece neste domingo (21) em Caxias do Sul Governador do RS cobra…

Publicado por
12:26 - 05/08/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Em visita a Caxias do Sul, Ministro da Cidadania anuncia retorno do programa Alimenta Brasil

Foto: Paula Brunetto / Grupo RSCOM

Na manhã desta sexta-feira (5), o Ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, visitou o Banco de Alimentos de Caxias do Sul. A visita teve o objetivo de conhecer a estrutura e anunciar novas parcerias entre os governos Federal e Municipal.

Bento passeou pela estrutura e conheceu os programas já implantados, como por exemplo o Troca Solidária. Após, ele anunciou algumas ferramentas governamentais que vai colocar a disposição de Caxias do Sul, dentre elas o retorno do Programa Alimenta Brasil.

“Esse programa adquire alimentos desses produtores, ele foi remodelamos em nível federal, a execução desse programa fortalesce a compra direta com a doação simultânea desses produtos e o Alimenta Brasil, volta com força aqui pra Caxias do Sul dentro desse modelo de Bando de Alimentos. É um mecanismo que nós temos para incentivar a agricultura familiar, combatendo o disperdício de alimentos e com tudo isso promovendo a segurança alimentar e nutricional da popuação em situação de vulnerabilidade social. Com isso também, nós queremos trazer os beneficiários do Auxílio Brasil, com ferramentas de emancipação. A respeito disso nós temos o Auxílio Inclusão Produtiva Rural que incentiva o começo de uma produção agrícola e com isso cria uma porta de saída, amanhã depois se tornando um pequeno produtor independente.”

Ronaldo Bento comentou também de outros programas, como o Brasil Fraterno que permite a doação de alimentos próximo da validade. Por exemplo, segundo o que explicou o ministro, o mercado pode doar os alimentos que estão próximos de vencer e o Banco de Alimentos destina imediatamente para o consumo das pessoas em situação de vulnerabilidade ou instituições atendidas. Ele definiu como uma “rede de combate ao desperdício”. Em contrapartida o doador terá redução de impostos. Todo o tramite será regulado por um sistema no site do Ministério da Cidadania.

O ministro salientou que o Banco de Alimentos tem um papel importante. Ele se disse satisfeito com a estrutura e o trabalho do banco de Caxias do Sul. O prefeito municipal, Adiló Didomenico, fez uma avaliação positiva da visita do ministro, ainda mais da sinalização de retorno de recursos para o município. Didomenico entregou de demanda para Bento, o projeto para angariar recursos à Festa da Colheita. Já que o município perdeu o prazo para receber recursos federais para a Festa da Uva, o objetivo deste projeto já é se antecipar sobre a Festa da Colheita.

O diretor do Banco de Alimentos, Marcelo Vanzin, também fez uma avaliação positiva sobre a visita e salientou que na semana que vem as equipes estarão avaliando os programas apresentados, as burocracias que envolvem e os que forem possíveis, eles já serão implementados. Atualmente, segundo Vanzin, por dia  são em média 13 mil pessoas atendidas pelo Banco, sendo 107 entidades cadastradas.

A passagem do ministro por Caxias do Sul foi acompanhada também por entidades e agricultores. Por volta de 11h, Ronaldo Bento foi a Garibaldi onde realizará visita técnica à estação do projeto Roda Bem Caminhoneiro.

Fotos: Paula Brunetto / Grupo RSCOM

Foto: Paula Brunetto / Grupo RSCOM
Foto: Paula Brunetto / Grupo RSCOM
Foto: Paula Brunetto / Grupo RSCOM

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp