Hamas propõe a Israel cessar-fogo de 135 dias e fim da guerra em Gaza

Texto foi entregue a mediadores do Catar e Egito e também propõe a libertação dos reféns sequestrados em 7 de outubro

Publicado por
13:14 - 07/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Hamas propõe a Israel cessar-fogo de 135 dias e fim da guerra em Gaza

Foto: Reprodução

O grupo islâmico Hamas propôs um acordo de trégua em três fases a Israel, que incluiria a libertação dos reféns sequestrados no último dia 7 de outubro, bem como a retirada total das tropas da Faixa de Gaza. A proposta é que as três fases tenham duração de 45 dias cada, totalizando 135 dias, sendo a primeira focada na libertação dos reféns mulheres e crianças (menores de 19 anos, não militares), idosos e doentes. O texto foi entregue na noite de terça-feira, 6, a mediadores do Catar e do Egito.

Na primeira das três fases da proposta, o Hamas exige a retirada das forças aéreas israelenses das áreas povoadas em Gaza, a entrada de mais ajuda humanitária e o início da reconstrução de hospitais e casas, juntamente com o estabelecimento de acampamentos temporários. Além disso, seriam estabelecidas “conversas indiretas” com Israel para acabar com a guerra e “regressar à paz completa”, uma exigência que até agora Israel sempre negou.

Em uma segunda fase, os homens raptados seriam libertados em troca de um número ainda a ser determinado de prisioneiros palestinos, bem como uma retirada completa do Exército israelense do enclave palestino. Já na terceira fase, seriam trocados os corpos sem vida dos reféns e de outros prisioneiros já falecidos tanto pelas mãos de Israel como do Hamas.

*Com informações da EFE

Fonte: Jovem Pan News

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp