Estudantes de Bagé embarcam para competir em desafio da Nasa nos EUA

Em 2023, os alunos da Escola Estadual Frei Plácido conquistaram o 3° lugar na competição. Neste ano a equipe compete com um protótipo de carrinho movido a pedaladas chamado Robotchê

Publicado por
16:34 - 16/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Estudantes de Bagé embarcam para competir em desafio da Nasa nos EUA. (Foto: Lauro Alves/Secom)

Estudantes de Bagé embarcam para competir em desafio da Nasa nos EUA. (Foto: Lauro Alves/Secom)

Os estudantes do curso técnico de Mecânica da Escola Estadual Frei Palácio, em Bagé, partiram nesta terça-feira (16) em direção ao Desafio da Nasa Human Exploration Rover Challenge (Herc), da Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA). O evento ocorre de 18 a 22 de abril em Huntsville, Alabama, e será transmitido pelo canal do YouTube Nasa TV.

A equipe retorna aos EUA após um ano da conquista que levou o nome da Rede Estadual ao pódio da competição, com o 3º lugar. A cerimônia de premiação está agendada para sábado (20), às 19h (horário de Brasília).

O grupo é composto por Sofia Cuadros Oliveira, Carlos Eduardo Munhoz Ferreira, Felipe de Oliveira Luiz, Frontelino Ferreira de Oliveira, Lucas Nogueira Andina, Mikael Macedo Ferreira Kaupe, Otávio Borges Motta e pelo professor Santiago Nogueira Cuadros.

Após meses de trabalho, a equipe desenvolveu um protótipo de carrinho movido a pedaladas chamado Robotchê, que competirá entre 13h e 14h de sexta-feira (19) e entre 12h e 13h de sábado (20).

A secretária da Educação, Raquel Teixeira, expressa seu orgulho em relação ao grupo, que viaja pela segunda vez aos Estados Unidos para a competição.

“Temos, como poder público, que proporcionar experiências que realmente transformem a vida de crianças e jovens, e a escola é o melhor lugar para que isso ocorra”, aponta Raquel.

Para o estudante Frontelino, o importante não é apenas o prêmio. “Estamos muito gratos pela oportunidade da viagem. Espero que a gente consiga trazer um bom prêmio, mas, principalmente, que possamos guardar boas memórias da oportunidade que nos foi dada”, conta ele.

O desafio

O evento anual apresenta um desafio de design de engenharia para envolver os alunos na próxima fase da exploração espacial humana. O objetivo é fazer com que os estudantes criem um veículo movido por tração humana, projetado para atravessar a superfície simulada de outro planeta e completar tarefas de missão ao longo do caminho.

As equipes de alunos projetam, constroem e testam tecnologias que permitem que os ‘rovers’ funcionem em uma variedade de ambientes. O veículo passará por um terreno simulando Marte, lua e outros corpos do sistema solar.

Em 2023, a equipe da Frei Plácido, formada por Sofia Cuadros Oliveira, Bernardo Freitas, Carlos Eduardo Munhoz Ferreira e Isabélli Marques, conquistou o 3º lugar no desafio.

Essa foi a única equipe brasileira e caloura a participar da competição, que englobava mais de 16 escolas de diversos países do mundo.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp