Ministério da Saúde anuncia R$ 63 milhões para recuperação de cidades atingidas pelas chuvas no RS

Em sua fala, Nísia Trindade destacou que não há falta de medicamentos nem de vacinas, em coordenação com as secretarias municipais de saúde. A ministra enfatizou a importância dos medicamentos neste momento crítico

Publicado por
19:47 - 15/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Walterson Rosa / MS

Nesta quarta-feira, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, participou de um evento do governo para anunciar novas medidas voltadas à recuperação das cidades do Rio Grande do Sul afetadas pelas recentes chuvas. Durante seu discurso, a ministra informou que o Ministério da Saúde já destinou R$ 63 milhões para ações emergenciais.

Recursos Federais e Medida Provisória

Nísia ressaltou a Medida Provisória encaminhada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que aloca R$ 816 milhões para a saúde. Esse montante será direcionado para propostas vindas dos municípios e do estado do Rio Grande do Sul. Até o momento, o governo federal recebeu 345 propostas, indicando uma resposta ativa e contínua das administrações locais.

Disponibilidade de Medicamentos e Vacinas

Em sua fala, Nísia Trindade destacou que não há falta de medicamentos nem de vacinas, em coordenação com as secretarias municipais de saúde. A ministra enfatizou a importância dos medicamentos neste momento crítico, com foco nas doenças infecciosas e no atendimento de pacientes crônicos, como aqueles necessitando de hemodiálise e tratamentos cardiovasculares.

Declaração da Ministra:

“Medicamentos, nesse momento, são fundamentais. Há uma grande preocupação com as doenças infecciosas, mas nós temos trabalhado também para garantir a atenção dos pacientes crônicos, como é o caso dos pacientes que precisam da hemodiálise, como é o caso de pacientes com problemas cardiovasculares.”

Saúde Mental

A saúde mental também é uma prioridade do Ministério da Saúde, tanto para as pessoas afetadas pelas enchentes quanto para os profissionais de saúde e voluntários atuando no estado. A ministra reconheceu o impacto psicológico da tragédia e a necessidade de suporte contínuo para todos os envolvidos.

Combate às Fake News

Nísia Trindade repudiou a divulgação de fake news relacionadas à tragédia no Rio Grande do Sul. Ela enfatizou a importância de informações precisas e confiáveis durante crises, para evitar desinformação e pânico entre a população.

Conclusão da Ministra:

“São muitas ações que estão sendo realizadas, mas sabemos que há muito mais o que fazer.”

milhões

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp