Governo do Estado disponibiliza mapa digital com atualizações sobre destinação de recursos arrecadados via pix

Campanha do pix SOS Rio Grande do Sul credita R$ 2 mil para pessoas desabrigadas ou desalojadas de municípios em estado de calamidade pública

Publicado por
08:33 - 06/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Governo do Estado disponibiliza mapa digital com atualizações sobre destinação de recursos arrecadados via pix

Foto: Nabor Goulart/ Ascom Casa Civil

A Assessoria Técnica da Casa Civil do governo do RS lançou um mapa digital para disponibilizar dados atualizados da distribuição dos recursos arrecadados via pix na campanha SOS Rio Grande do Sul. Até esta quinta-feira (6), já foram distribuídos R$ 11.410.000 para 5.705 famílias.

Com atualização constante, o mapa proporciona ainda mais transparência ao processo. Todas as etapas, desde a arrecadação em conta bancária até a distribuição dos cartões com R$ 2 mil creditados às vítimas de enchentes, já contam com acompanhamento da EY Brasil, uma das maiores auditorias e consultorias do mundo.

Estruturado no Power BI, o mapa digital permite que o cidadão tenha acesso aos dados e facilita o trabalho da imprensa, reunindo em um só local as informações mais recentes sobre a entrega dos cartões SOS Rio Grande do Sul e a destinação dos valores.

Ao acessar o link aparecem assinalados no mapa do Rio Grande do Sul os municípios onde já foi feita a entrega dos cartões. Ao passar o cursor por cima de cada área uma janela é aberta informando o nome do município. Ao clicar, um quadro é exibido ao lado informando o número de beneficiados e o valor já distribuído.

A campanha do pix SOS Rio Grande do Sul credita R$ 2 mil para pessoas desabrigadas ou desalojadas de municípios em estado de calamidade pública. Estar cadastrado no CadÚnico, ter renda familiar de até três salários mínimos e não ser contemplado pelo programa Volta Por Cima do governo do Estado também são requisitos para receber o valor.

A entrega dos cartões é feita pela Caixa Econômica Federal em agências do banco ou em pontos de atendimento. A informação sobre o total arrecadado pela campanha fica publicada na abertura do site SOS Enchentes, com duas atualizações diárias.

Fonte: Governo do Estado

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp